Lula é indiciado pela PF

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi indiciado pela Polícia Federal no âmbito da Operação Lava Jato, nesta segunda-feira. De acordo com o portal G1, a razão do indiciamento é o crime de corrupção passiva.
Também foram indiciados a ex-primeira-dama Marisa letícia, o ex-ministro da Fazenda Antônio Palocci, o sobrinho do pecuarista José Carlos Bumlai, Glaucos da Costa Marques; o dono da DAG Construtora, Demerval de Souza Gusmão Filho; o advogado do ex-presidente, Roberto Teixeira; e o assessor de Palocci, Branislav Kontic. Estes são indiciados por lavagem de dinheiro.
O G1 informa que a ação da PF se dividia em dois inquéritos diferentes, mas que agora foram unificados. Um, sobre a compra de um terreno que possivelmente seria usado para construir uma sede do Instituto Lula. O outro é em relação ao aluguel do apartamento da frente ao que é residência do ex-presidente. A Polícia Federal sustenta que os casos representam pagamento de propina da Odebrecht a Lula.
Segundo a PF, o papel de Palocci era distribuir a propina da Odebrecht ao PT. O ex-ministro também usava de sua influência para atuar em favor dos interesses da empresa junto ao governo.
Para a Polícia Federal, o ex-presidente era um dos beneficiários da propina.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.