Governo investe mais de R$ 2 bilhões e transforma a capital São Luís

O Governo do Maranhão vem transformando gradativamente a capital São Luís. Na primeira gestão de Flávio Dino, a capital contabiliza o investimento de mais de R$ 2 bilhões, as obras nas áreas da saúde, educação, segurança, mobilidade urbana, lazer, cultura, turismo e esporte trazem melhorias significativas aos milhões de moradores da ‘Ilha do Amor’. As intervenções realizadas também aquecem o comércio, elevam a qualidade de vida e incentivam a geração de emprego e renda na região.

“São Luís, hoje, pode dizer que saiu do mapa das cidades mais violentas do mundo, pode dizer ainda que possui uma rede de saúde melhor estruturada, com o primeiro hospital de traumatologia, com o espaço Ninar para crianças com problemas de neurodesenvolvimento, com o hospital do câncer; pode dizer também que conta com rodovias seguras, iluminadas e requalificadas. Estamos despoluindo a Lagoa, fizemos uma obra magnífica por lá, com parquinho e a requalificação da concha acústica. Em 4 anos, o governo Flávio Dino fez muito por São Luís e nesses próximos 4 anos fará ainda mais”, detalhou o secretário de Estado da Infraestrutura (Sinfra), Clayton Noleto.

Mobilidade urbana garantida

Para garantir mobilidade urbana na capital, o Governo investe mais de R$ 160 milhões em requalificação de rodovias, ruas e avenidas, além da construção de pontes. Na região da Forquilha, por exemplo, o governo realizou uma mudança estruturante ao transformar a rotatória em cruzamento binário. A nova readequação veio acompanhado ainda de requalificação asfáltica, drenagem de ruas, iluminação e reforço na sinalização horizontal e vertical.

Para melhorar ainda mais o trânsito nesta região, o governo está construindo um corredor de ligação que vai desafogar o transido das cidades de São Luís, São José de Ribamar e Paço do Lumiar.

Outra ação importante do Mais Asfalto foi a pavimentação de ruas no bairro Cidade Olímpica, a segunda maior ocupação urbana da América Latina, com mais de 104 mil habitantes. Antes, os moradores conviviam com lama e poeira e hoje a situação é outra. A avenida dos Agricultores, principal via do bairro, também foi requalificada.

Esse investimento tem mudado a rotina da dona de casa, Isabela de Jesus. “Aqui o asfalto muda tudo, quando o serviço for entregue vai valorizar muito a casa da gente. Aqui tinha buraco demais quando chovia ficava difícil sair de casa”, contou Isabela.

Saúde em evolução

Na saúde, a rede física teve um investimento de mais de R$ 69 milhões para construção, reforma, ampliação e melhoramento das unidades de saúde. Um exemplo que tomou proporção nacional foi a transformação da Casa de Veraneio do Governo do Estado no Ninar, um centro de apoio a crianças com problemas de neurodesenvolvimento. Até agora, só na Casa de Apoio Ninar, foram mais de 53 mil atendimentos oferecidos a cerca de 250 famílias vindas de 103 municípios.

Outro destaque vai para o Hospital de Traumatologia e Ortopedia do Maranhão, o HTO. O HTO é o primeiro do estado de alta complexidade exclusivo na área e tem garantido atendimento ágil e resolutivo à população, diminuindo uma fila que, até outubro de 2017, chegava a dois anos de espera.

Para o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, essas obras fazem parte de uma ampla ação do Governo com o propósito adequado, otimizando o bem público em benefício da sociedade. “Estas obras são formas de ampliar a assistência oferecida, porém, assegurando locais adequados e adaptados para permanecerem durante o período do atendimento. A cada ação, fortalecemos a rede estadual de atendimento, nas diversas especialidades e serviços, para cada vez mais assegurarmos atendimento digno, oportuno, humanizado e com qualidade no nosso estado”, frisou o secretário Carlos Lula.

Educação nota 10

Na educação, o salto é positivo. Com investimentos na ordem de R$ 62 milhões, o governo construiu, reformou e/ou ampliou dezenas de prédios só em São Luís. São escolas de Ensino Médio, IEMA’s, Centro de Educação Integral – Educa Mais – além de quadras poliesportivas. No Vinhais, por exemplo, a reforma do Centro de Ensino de Educação Especial Padre João Mohana, ampliou o atendimento de alunos com deficiência intelectual e transtorno do espectro autista.

O prédio, antes da reforma, sofria alagamentos no período chuvoso. A primeira etapa dos serviços incluiu a drenagem interna com a troca de tubulações e drenagem externa com a implantação de galerias de concreto. As obras incluíram ainda novas instalações elétricas, troca de piso, reforma no telhado e forro, instalação de sistema de combate a incêndio, nova cisterna e janelas. Rampas foram construídas em todas as áreas do prédio para facilitar a mobilidade dos alunos. Novas portas e janelas foram instaladas.

“Quase todas as salas alagavam. Tinha dia que não podíamos atender porque chovia e molhava tudo. A maioria das salas não tinha ventilador ou ar-condicionado. No verão, era difícil por causa do calor e no inverno por causa dos alagamentos. Como são alunos especiais, eles se agitam com qualquer coisa. A caixa d’água, por exemplo, estava quase despencando. O mato alto e a falta de segurança também eram do nosso cotidiano”, comenta a gestora geral do centro, Luciana de Carvalho.

Mais Lazer, Esporte e Turismo

Para garantir mais lazer e esporte aos ludoviscenses, o Governo investe mais de R$ 18 milhões na construção de novas quadras, praças e ginásios e aprimoramento dos espaços já existentes. O Parque Ambiental da Reserva do Itapiracó é o maior espaço público de convivência do Maranhão que passou por reforma completa, ganhando mais de 15 praças, campos de futebol, futebol de praia e futevôlei, parquinhos infantis, circuito de skate, trilhas ecológicas, pista de cooper e áreas de estacionamento.

Outro exemplo é a Praça da Lagoa, que recebeu requalificação completa, o que incluiu a reforma da praça, da concha acústica e um brinquedo no formato de foguete. A novidade atrai diariamente turistas e famílias que buscam espaços para atividades lúdicas.

Ainda se tratando de pontos turísticos, o Governo reformou as praças em torno da Reffsa, onde foi nomeado de Joaozinho Trinta e hoje faz parte do circuito oficial de carnaval. O Forte Santo Antônio, no Espigão Costeiro, na Ponta da Areia, também foi revitalizado e hoje faz parte da rota turística da cidade.

Segurança de qualidade

Como parte dos avanços na segurança de são Luís, o governo investiu mais de R$ 23 milhões para construção, reforma e adequação de Batalhões de Polícia Militar; em obras de melhorias em prédios de Segurança Pública; Construção, reforma e adequação das unidades da FUNAC para garantir os direitos humanos dos adolescentes e sua reinserção comunitária e familiar, além de construção, reforma e adequação de Unidades de Segurança Comunitária.

O governo entregou recentemente a reforma da do Centro Socioeducativo de Internação do São Cristóvão, unidade de medida socioeducativa da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), no bairro São Cristóvão. No local onde foi erguida a nova unidade da Funac já existia um prédio que precisou ser demolido para passar por adaptações e melhoramentos no quesito segurança, atendendo, assim, as normas do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase). Outras oito unidades já foram requalificadas em São Luís, São José de Ribamar e Timon e estão em andamento as obras das unidades de Imperatriz e Paço do Lumiar.

“A nova estrutura traz humanidade aos adolescentes e, ao mesmo tempo, mais segurança para os servidores que atuam nesse atendimento. Estamos em um espaço excelente, humanizado e seguro, que tem tudo para atender bem a comunidade socioeducativa e, principalmente, ao adolescente”, disse Alberto Frazão, diretor do Centro Socioeducativo do São Cristóvão.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.