Governo do Maranhão realiza solenidade de pré-embarque dos participantes do Edital Professor Cidadão do Mundo para Portugal

Professores da rede pública da educação básica do Maranhão participaram, na tarde desta segunda-feira (27), do ato solene de pré-embarque dos integrantes da 1º edição do edital Professor Cidadão do Mundo 2022, no auditório da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA). 

Quarenta e sete professores foram contemplados para o intercâmbio em Portugal para formação em tecnologias educacionais, durante todo o mês de julho. Vinte e seis professores vão integrar o programa de formação em metodologias ativas e tecnologias educacionais digitais na Universidade de Coimbra. Outros 21 professores atuarão no programa de formação em Robótica do Instituto Politécnico do Porto. O embarque irá acontecer na terça (28) e eles passarão 30 dias em capacitação.

O objetivo do edital, concebido pela Fundação, por meio da linha de ação “Mais inovação”, é incentivar e garantir a mobilidade internacional de professores da educação básica e da educação profissional e tecnológica do Maranhão. 

Para o diretor-presidente da FAPEMA, André Santos, a primeira edição do programa é um marco muito importante, e surgiu de uma necessidade de qualificar o educado. “Estamos ofertando a oportunidade de capacitação aos professores em áreas que são prioritárias e de futuro para o desenvolvimento do estado”, afirmou . “A robótica e as metodologias ativas permitem usar as tecnologias de forma que se possa propiciar um melhor ensino aos estudantes”, complementou. “Após o período de intercâmbio a expectativa é que estes educadores possam ser multiplicadores desse conhecimento aos demais professores da rede”, prosseguiu.

A secretária estadual de Educação, Leuzinete Pereira da Silva, destacou o compromisso do Governo do Estado com uma educação pública de qualidade. “O Governo do Maranhão imprimiu a palavra dignidade na sua agenda desde 2015”, afirmou. “Requalificamos mais de 1.400 prédios escolares com melhorias, ampliações e novas construções, mas o mais importante é cuidar dos professores e alunos”, pontuou.

Para Ennio Silva, professor do IEMA, quer irá metodologias ativas e tecnologias educacionais digitais, há uma grande responsabilidade para todos os contemplados. “O que iremos aprender deve ser multiplicado, de forma que os nossos alunos possam perceber que a ciência pode fazer a diferença”, destacou.

O secretário de Educação de Santa Rita, Paulo Marcio Silva Gomes, destacou a aprovação de professor atuante na rede municipal do município. “A educação pública de qualidade cumpre seu papel à medida que ela gera oportunidades”, destacou.

Participaram, ainda, da solenidade, o reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), Carlos César Teixeira Ferreira; o diretor regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) Raimundo Nonato Arruda, representando a FIEMA; o diretor de empreendedorismo da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Walter Nunes, o diretor geral do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), Alex Oliveira, e representantes da Universidade Estadual do Maramhão (UEMA) e da Universidade  Estadual da Região Tocantina (UEMASUL).

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.