Governo do Maranhão realiza solenidade de pré-embarque dos participantes do Edital Professor Cidadão do Mundo para Portugal

Programa coordenado pela FAPEMA vai qualificar professores da rede pública do Maranhão em Robótica e Metodologias Ativas

Professores da rede pública da educação básica do Maranhão participaram, na tarde desta segunda-feira (27), do ato solene de pré-embarque dos integrantes da 1º edição do edital Professor Cidadão do Mundo 2022, no auditório da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA). 

Quarenta e sete professores foram contemplados para o intercâmbio em Portugal para formação em tecnologias educacionais, durante todo o mês de julho. Vinte e seis professores vão integrar o programa de formação em metodologias ativas e tecnologias educacionais digitais na Universidade de Coimbra. Outros 21 professores atuarão no programa de formação em Robótica do Instituto Politécnico do Porto. O embarque irá acontecer na terça (28) e eles passarão 30 dias em capacitação.

O objetivo do edital, concebido pela Fundação, por meio da linha de ação “Mais inovação”, é incentivar e garantir a mobilidade internacional de professores da educação básica e da educação profissional e tecnológica do Maranhão. 

Para o diretor-presidente da FAPEMA, André Santos, a primeira edição do programa é um marco muito importante, e surgiu de uma necessidade de qualificar o educado. “Estamos ofertando a oportunidade de capacitação aos professores em áreas que são prioritárias e de futuro para o desenvolvimento do estado”, afirmou . “A robótica e as metodologias ativas permitem usar as tecnologias de forma que se possa propiciar um melhor ensino aos estudantes”, complementou. “Após o período de intercâmbio a expectativa é que estes educadores possam ser multiplicadores desse conhecimento aos demais professores da rede”, prosseguiu.

A secretária estadual de Educação, Leuzinete Pereira da Silva, destacou o compromisso do Governo do Estado com uma educação pública de qualidade. “O Governo do Maranhão imprimiu a palavra dignidade na sua agenda desde 2015”, afirmou. “Requalificamos mais de 1.400 prédios escolares com melhorias, ampliações e novas construções, mas o mais importante é cuidar dos professores e alunos”, pontuou.

Para Ennio Silva, professor do IEMA, quer irá metodologias ativas e tecnologias educacionais digitais, há uma grande responsabilidade para todos os contemplados. “O que iremos aprender deve ser multiplicado, de forma que os nossos alunos possam perceber que a ciência pode fazer a diferença”, destacou.

O secretário de Educação de Santa Rita, Paulo Marcio Silva Gomes, destacou a aprovação de professor atuante na rede municipal do município. “A educação pública de qualidade cumpre seu papel à medida que ela gera oportunidades”, destacou.

Participaram, ainda, da solenidade, o reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), Carlos César Teixeira Ferreira; o diretor regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) Raimundo Nonato Arruda, representando a FIEMA; o diretor de empreendedorismo da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Walter Nunes, o diretor geral do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), Alex Oliveira, e representantes da Universidade Estadual do Maramhão (UEMA) e da Universidade  Estadual da Região Tocantina (UEMASUL).

Professores da rede pública do Maranhão viajam para Portugal para capacitação
Professores receberam kit robótica para utilização na capacitação no exterior
Presidente da FAPEMA, André Santos, afirma que irá duplicar o número de professores contemplados no próximo ano

Fonte: FAPEMA
Fotos: Divulgação

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.