Governador Flávio Dino reúne com coordenação do curso de Estudos Africanos e Afrobrasileiros

O governador Flávio Dino recebeu a professora Kátia Régis, coordenadora do curso de Estudos Africanos e Afrobrasileiros da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), na tarde desta quarta-feira (18), no Palácio dos Leões. No encontro foi firmado o apoio à VII Semana Interdisciplinar de Estudos Africanos e Afrobrasileiros e ao II Colóquio Internacional de Políticas Antirracistas no Mundo, que será realizado em São Luís, em novembro.

“O curso de licenciatura em Estudos Africanos Afrobrasileiros da UFMA é pioneiro no Brasil. Ano passado apoiamos a ida de estudantes para Cabo Verde, com pesquisa em campo e, este ano, eles vão fazer a formação, que é a contrapartida. A próxima viagem vai ser para o Moçambique, onde o Governo do Maranhão será pioneiro em mais uma ação afirmativa”, destacou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

Durante a reunião, foram discutidos detalhes dos dois eventos que serão sediados em São Luís trazendo reitores e reitoras de Moçambique. “Tratamos sobre os detalhes da programação e, na abertura, o governador Flávio Dino confirmou a nova assinatura do termo de cooperação técnico-científica com a academia, que possibilitará o trabalho de campo, em setembro de 2020, para 45 integrantes do curso, sobretudo estudantes. Nossa contrapartida será a formação de 500 professores da Educação Básica do Maranhão”, destacou a coordenadora do curso de Estudos Africanos e Afro-Brasileiros, Kátia Régis.

A coordenadora destacou ainda que o governo estadual tem sido fundamental para o desenvolvimento das ações dos estudos africanos e afrobrasileiros. “Esse diálogo é muito importante para que possamos desenvolver um processo formativo de altíssima qualidade, emancipatório e numa perspectiva intercultural crítica. Isso será proporcionado, principalmente, pelo apoio dos editais da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) e parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), para estabelecer este importante alinhamento entre a universidade e o Governo do Estado”, concluiu a docente.

Na reunião, além do governador Flávio Dino, também estiveram presentes o secretário de Educação, Felipe Camarão; o secretário de Estado da Igualdade Racial (SEIR), Gerson Pinheiro; a profª. drª. Cidinalva Câmara Neris; o prof. Me. Richard dos Santos; o prof. dr. Sávio Rodrigues e a técnica administrativa Eliana da Silva.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.