Gastão Vieira é exonerado do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação

Já era de se esperar que o ex-deputado federal Gastão Vieira (PROS/foto) fosse ser “derrubado” do pedestal da presidência do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), após ter sentado à mesa ao lado do governador maranhense Flávio Dino (PCdoB).
Vieira foi exonerado do cargo nesta terça-feira, 20, e em seu lugar foi nomeado Silvio Pinheiro (PSDB), da Bahia. Ele teria sido indicado pelo DEM, do prefeito baiano ACM Neto. O novo presidente do FNDE foi secretário municipal de Urbanismo de Salvador e coordenador da campanha do atual prefeito.
Gastão Vieira se encontrava à frente do FNDE desde abril de 2015, durante a gestão da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).
Há duas semanas, Gastão Vieira fez um pronunciamento duro contra as investidas do senador Roberto Rocha (PSB), com apoio dos também senadores João Alberto e Edison Lobão, ambos do PMDB, pelo comando do órgão federal.
João Alberto chegou a admitir publicamente que “pediram a cabeça” do ex­deputado ao presidente Michel Temer (PMDB). Durante passagem pela cidade de Colinas, onde vistoriou obras bancadas com recursos do FNDE, Gastão Vieira bateu forte nos três senadores.
Por Mário Carvalho

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.