Folha registra trabalho de recuperação de Pedrinhas

O jornal Folha de S. Paulo reconheceu, esta semana, o trabalho que vem sido desenvolvido pelo Governo Flávio Dino na melhoria do sistema prisional do Maranhão. O registro ocorreu em reportagem sobre a indenização a que o estado foi condenado a pagar aos familiares de presos, pelo massacre que aconteceu durante a gestão Roseana Sarney, no início de 2014.

Governador Flávio Dino faz a entrega do cartão Benefício Reintegração e Cidadania para internos. (Foto: Karlos Geromy/Secap)

Ao falar da indenização, a reportagem do jornal Folha de S. Paulo registrou as melhoras que o sistema vem recebendo durante a gestão Flávio Dino. “Desde 2015 são tomadas medidas para mudar esse cenário. O Estado não registra rebeliões com mortos ou feridos há mais de 2 anos”, registra o jornal.

O jornal ainda cita as políticas do governo Flávio Dino que estão permitindo essa melhora: “Entre as iniciativas para melhorar as condições carcerárias no Maranhão, o governo destaca a entrega de seis novas unidades prisionais, totalizando 1.167 novas vagas. Mais duas estão em construção e outras duas em licitação. Atividades de ressocialização dos detentos também estão entre as medidas promovidas pela gestão Flávio Dino.”

A Folha lembra que “em 2015, Pedrinhas foi considerada uma das cinco piores prisões do país em condições para os detentos, ao lado do complexo do Curado, no Recife, da Penitenciária Lemos Brito, em Salvador, do Presídio Central de Porto Alegre e do presídio Urso Branco, em Porto Velho (RO)”.

Com mudanças na gestão prisional, o Governo do Maranhão conseguiu humanizar a execução penal e diminuir a violência nos presídios. (Foto: Gilson Teixeira/Secap)

FONTE: GOVERNO DO ESTADO

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.