Estudante do IEMA representará o Maranhão no Programa Jovens Embaixadores em 2023

A estudante do curso técnico em Serviços Jurídicos do Instituto Estadual de Ciência e Tecnologia do Maranhão – IEMA Pleno Bacabal, Maylane Sousa, representará o Maranhão no Programa Jovens Embaixadores em 2023. A jovem foi uma das 50 estudantes selecionadas para o programa que leva alunos do ensino médio da rede pública de todas as partes do Brasil para um intercâmbio de três semanas nos EUA. 

Maylane Sousa conta que não foi um processo fácil. “É difícil ainda assimilar que eu realmente consegui ser a jovem menina que está representando o Maranhão. É uma grande responsabilidade. Sou muito grata pela oportunidade de ser uma das jovens selecionadas para o programa Jovens Embaixadores, e também ao IEMA Pleno de Bacabal e a todos que, de alguma forma, contribuíram para a realização do meu sonho”, disse.

Para o diretor-geral do IEMA, professor Alex Oliveira, é uma conquista significativa, que enche de orgulho todo Maranhão. “É uma grande honra para o Instituto por participarmos de um evento internacional e mostrando o quanto nossos alunos são capazes de representar o estado. Não só o IEMA Pleno de Bacabal fica feliz com essa notícia, mas todo Instituto do Maranhão comemora essa conquista. Ela mostra o quão importante tem sido o trabalho desenvolvido nas unidades dos IEMAs Plenos que colocam nossos estudantes no patamar de representatividade e de protagonismo”, falou com entusiasmo. 

O programa Jovens Embaixadores busca estudantes da rede pública de ensino que pensam criativamente para desenvolver uma ideia, um produto ou serviço com o objetivo de beneficiar não somente a si próprio, mas também a sua comunidade. As ações empreendedoras desses jovens têm como foco inclusão social, educação, cultura, crédito comunitário, mobilidade urbana, igualdade de gênero e raça, meio ambiente, empoderamento jovem, necessidades especiais, cooperativas em geral. 

A programação completa acontecerá de 10 a 29 de janeiro de 2023. Nos EUA, os estudantes participarão de atividades como oficinas sobre liderança e empreendedorismo, projetos de impacto social, reuniões com representantes do governo norte-americano. Além disso, visitarão escolas da região e farão apresentações sobre o Brasil. Este ano, a seleção para o programa Jovens Embaixadores contemplou 50 representantes de 25 estados brasileiros e do Distrito Federal.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.