Encontro sobre Segurança do Paciente dialoga sobre ações exitosas na Rede Estadual de Saúde

Em alusão ao Dia Mundial de Segurança do Paciente, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Secretaria Adjunta de Assistência à Saúde (SAAS) e do seu Departamento da Qualidade e Projetos Especiais, reuniu diretores, lideranças e responsáveis pelos Núcleos de Segurança do Paciente das unidades de saúde do estado, nesta quinta-feira (30), para compartilhar as ações desenvolvidas na rede estadual de saúde, visando a segurança do paciente no ambiente hospitalar.

Com o tema “O estado do Maranhão de mãos dadas pela segurança do paciente”, o encontro discutiu as ações de práticas seguras desenvolvidas pelos núcleos de segurança do paciente da rede estadual de saúde. O secretário adjunto de Assistência à Saúde da SES, Carlos Vinícius Ribeiro, destaca que há quase dois anos o estado passa por um momento desafiador, que é a pandemia da Covid-19, sendo que foram criadas estratégias compartilhadas para o fortalecimento das condições adequadas de segurança, prevenção, educação e tratamento do paciente. 

“Durante a pandemia, a segurança do paciente foi colocada à prova para que esse paciente pudesse sair com o atendimento concluído dentro de uma qualidade existente. Além disso, conseguimos instituir Núcleos de Segurança do Paciente em vários hospitais da nossa rede e capacitar enfermeiros e profissionais que são dedicados exclusivamente a cuidar da segurança do paciente nos nossos hospitais”, afirma o secretário adjunto Carlos Vinícius. 

De acordo com a representante da Câmara Técnica de Qualidade e Segurança do Paciente do Conass no Maranhão, Mayrlan Avelar, o trabalho que vem sendo desenvolvido ao longo de quatro anos garantiu o cuidado seguro nas unidades do estado. “Além disso, a gente vem implantando os Núcleos de Segurança do Paciente. Já contamos com mais de 60, para que consigamos conduzir a política do cuidado seguro, pois sabemos que ele perpassa do cuidado beira leito, envolve uma equipe multidisciplinar”, garante.

Durante o encontro, representantes da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH), e dos Institutos Acqua e Invisa, compartilharam as ações de práticas seguras desenvolvidas nas unidades hospitalares que administram na rede de unidades e serviços de saúde da SES.  

Foram apresentados ainda os indicadores de desempenho da Maternidade de Alta Complexidade do Maranhão (Macma) e as estratégias realizadas para um parto seguro; indicadores de desempenho do Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO) e estratégias para segurança em Ortopedia e Traumatologia; além de indicadores de desempenho do Hospital de Câncer do Maranhão e estratégias para a segurança em oncologia.

Fonte da matéria postada: SES
Texto: Benaya Ewerton
Fotos: Márcio Sampaio

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.