EMPREENDEDORISMO NO DOM BOSCO EM PARCERIA COM SEBRAE-MA

O ensino formal do empreendedorismo como uma disciplinar curricular, a exemplo do que já acontece em países de primeiro mundo, é uma tendência cada vez mais forte entre as escolas de vanguarda. E ao introduzir esse tipo de prática, todos têm a ganhar – alunos e a sociedade em geral. Especialistas defendem que quando os alunos aprendem sobre o fazer Empreendedor desde cedo, muitos são os benefícios: Formação de protagonistas e não apenas executores; ou seja, profissionais com mais liderança e autonomia; Aumento da cultura de Inovação no país; Melhor qualificação dos futuros colaboradores uma vez que há também o intraempreendedorismo, ou seja, o ato de empreender mesmo sendo um empregado. E mais, o empreendedorismo já vai criando o conceito de empoderamento, moldando a consciência ambiental, econômica e social dos futuros líderes do país.

Por tudo isso, o Colégio Dom Bosco criou as disciplinas “DNA Empreendedor” e “Business”, que são inéditas e já serão implantadas em 2019 à partir do primeiro ano do Fundamental I até o Ensino Médio. Ambas fazem parte das novidades da nova proposta pedagógica do Colégio Dom Bosco em seu novo posicionamento de escola exponencial.

Detalhe: Nada como unir teoria e visão de mercado para fomentar o empreendedorismo e por isso, o Dom Bosco fechou um convênio inédito com o SEBRAE-MA, órgão com expertise máxima em empreendedorismo no país e que vai ajudar a escola nessa missão de transmitir aos alunos os conceitos e tendências nesse setor, com o que há de mais moderno no segmento.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.