Em Fórum de Segurança Alimentar, prefeito Edivaldo anuncia implantação de banco de alimentos

O município de São Luís vai ganhar um Banco de Alimentos no primeiro semestre do próximo ano. O anúncio foi feito pelo prefeito Edivaldo, neste sábado (24), durante abertura do III Fórum de Segurança Alimentar e Nutricional para Sustentabilidade de São Luís. Promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), desde o primeiro ano da administração do prefeito Edivaldo, a edição 2015 do fórum contou com a participação do representante da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) no Brasil, Gustavo Chianca.

Com o tema “Proteção Social e Agricultura: quebrando o ciclo da pobreza rural”, o fórum reuniu no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), no bairro da Cohama, agricultores, educadores, estudantes, representante do Conselho Regional de Nutricionistas, Gustavo Monteiro; do conselho Regional de Segurança Alimentar, Iraelson Ferreira; secretários do município como a titular da Semcas, Andreia Lauande, e o secretário de governo em exercício, Milton Calado, prestigiaram o evento.

O Banco de alimentos vai contribuir para redução do desperdício de alimentos na capital maranhense, a partir da utilização de produtos descartados pelos centros de distribuição, como Ceasa, por exemplo, e supermercados. “O banco vai utilizar os produtos avariados que o cliente rejeita pela aparência, mas ainda com toda garantia de qualidade e potencialidade nutricional”, explicou o prefeito Edivaldo.

O prefeito Edvaldo ressaltou a importância do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), implantado em maio deste ano pela Prefeitura de São Luís para a redução da fome no maior município do estado. A produção adquirida é distribuída para as redes escolar e hospitalar do município, além das famílias beneficiárias no Programa Bolsa Família pela Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas).
“Temos tido uma experiência muito importante no município com o Programa de Aquisição de Alimentos, em parceria com o governo federal e estadual. Hoje o produtor rural de São Luís tem para quem vender sua produção. É a Prefeitura aquecendo a economia da zona rural”, disse o prefeito.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.