“Ele parou para olhar o pneu do carro”, diz irmão de sargento

 

 

Acrísio Botão, irmão de Rubem Ferreira, acusado de tentativa de homicídio contra Núbia Dutra, lamentou a morte do irmão

 

 

 

 

O sargento da Polícia Militar do Maranhão Rubem Ferreira teria parado para trocar um pneu quando se envolveu em tiroteio com os seguranças da primeira dama de Paço do Lumiar, Núbia Dutra. Foi essa versão sustentada pelo irmão de Rubem, Acrísio Botão, em entrevista para a TV Difusora.

Ele falou sobre o falecimento do irmão na manhã deste sábado (25), apontando que Rubem seguia bem e se recuperando. “[Ele] Estava bem, estava caminhando. Mas de uns três dias para cá que aconteceu isso e ele veio a óbito”, comentou ele, se referindo à infecção generalizada que atingiu o PM.

O sargento que era lotado no 8º Batalhão da Polícia Militar deixa esposa e quatro filhos. O velório acontece em Paço do Lumiar e o enterro está marcado para amanhã (26), no fim da tarde.

Internação

Rubem estava no hospital desde julho deste ano, quando se envolveu no tiroteio, que aconteceu em Paço do Lumiar. No momento, ele foi atingido no intestino e no fígado. Teve que fazer cinco cirurgias e perdeu parte do intestino, o que dificultou sua recuperação.

No dia 31 de julho, o sargento entrou em coma após estado de saúde dele ter sido agravado devido a um problema de pressão arterial. Ele chegou a sair do coma e conversar com a família, mas o seu estado de saúde já estava muito debilitado e ele não resistiu.

Veja entrevista que irmão de Rubem Ferreira concedeu à TV Difusora:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: MA10

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.