Eduardo Cunha é condenado a 15 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro

O juiz Sérgio Moro condenou o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) a 15 anos e quatro meses de reclusão por corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas, em regime fechado.

Ex-presidente da Câmara, cassado, ele foi preso em outubro do ano passado. Ele está detido desde então na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba. A decisão de Moro é do processo em que Cunha é acusado de receber propina de contrato de exploração de Petróleo no Benin, na África, e de usar contas na Suíça para lavar o dinheiro.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.