Duas pessoas são presas por furto de energia em condomínio de alto padrão

 

 

Os dois foram autuados em flagrante, no bairro do Calhau, em São Luís.

 

 

 

Na manhã desta quinta-feira (28), a Polícia Civil, por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), iniciou uma operação de combate a furto de energia, em São Luís.

Durante a operação, os policiais vistoriaram unidades do condomínio Grand Park, localizado no Calhau, Região Metropolitana da capital maranhense, onde duas pessoas, com nomes não divulgados, foram presas. De acordo com a polícia, os dois moradores do condomínio faziam uso de energia furtada, crime conhecido popularmente como “gato”.

Os dois indivíduos foram autuados em flagrante e conduzidos à sede da Seic, no Bairro de Fátima.

O furto de energia elétrica é crime e quem o pratica pode ser enquadrado em dois artigos do Código Penal Brasileiro: o 155 (furto), parágrafo 3º, que tem como pena prevista 1 a 4 anos de reclusão e multa; e o 265, que trata de atentado contra a segurança de serviço de utilidade pública e prevê pena de reclusão de 1 a 5 anos, além de multa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte: ma10

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.