DPE encerra campanha do idoso com mobilização no Sesc Deodoro

A Defensoria Pública do Estado mobilizou dezenas de pessoas entre idosos e jovens no encerramento da Campanha do Idoso, que iniciou no dia 15 de junho e se estendeu até a última quarta-feira. Foram 7 dias de atividades entre palestras, visitas domiciliares, reuniões técnicas e panfletagem com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para as diversas formas de violência sofrida pela pessoa idosa, na perspectiva de sensibilizar a população para essa grave problemática que assola o segmento. A campanha foi alusiva ao Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, celebrado em 15 de junho.

Durante o encerramento, a defensora geral Mariana Albano de Almeida, comentou que a conscientização do idoso sobre sua condição de cidadão é fundamental na luta contra a violência. “Além da assistência jurídica e do acompanhamento psicossocial, também promovemos ações que visam empoderar o idoso, esclarecendo-o sobre seus direitos e melhorando sua autoestima, assim como conscientizar a sociedade, especialmente os jovens, quanto ao repeito e valorização da pessoa idosa”, observou.

A coordenadora do Centro Integrado de Apoio e Prevenção à Violência contra a Pessoa Idosa (Ciapvi), Isabel Gonzalez Lopizic, conduziu as atividades. Durante uma conversa com os idosos, destacou os números da violência que chegam à Defensoria e incentivou os participantes a procurarem a instituição sempre que tiverem algum direito violado. “Ainda recebemos muitos casos de violação dos direitos dos idosos. De janeiro a maio deste ano, o Ciapvi contabilizou 328 casos de negligência, violência física e psicológica, abandono, autonegligência, abuso financeiro, dentre outros. O bairro da Cidade Olímpica figura entre os de maior incidência nesses primeiros meses de 2015”, informou.

A equipe da DPE fez a panfletagem nas dependências do Sesc, com distribuição de folder educativo sobre direitos dos idosos. A mobilização aconteceu também no Terminal Integração Praia Grande e Cohab e na Estação Ferroviária do Anjo da Guarda. Durante toda a semana, idosos assistidos pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do bairro Maracanã, localizado na zona rural de São Luís, receberam a visita de uma equipe multiprofissional da Defensoria. Servidores e estagiários da DPE também estiveram no Cras Cidade Operária, Sistema de Ensino COC, Faculdade Pitágoras (Fama) e CE. Bernardo Coelho de Almeida.

O defensor público e titular do Núcleo de Defesa do Idoso, da Pessoa com Deficiência e da Saúde, da DPE/MA, Benito Pereira Filho e Isabel Lopizic participaram ainda de reunião realizada na sede da Procuradoria Geral de Justiça. Na ocasião, o defensor sugeriu a instalação, no âmbito da Justiça Estadual, de uma Vara Judicial que atenda exclusivamente as demandas dos idosos vítimas de violência.

Durante a programação, o defensor Thiago Josino Carrilho de Arruda e Isabel Lopizic ministraram palestra sobre a atuação da Defensoria Pública na garantia de direitos da pessoa idosa, no Caisi do bairro Filipinho. Na Escola Modelo, a assistente social da DPE/MA Nathalia Tinoco reuniu dezenas de alunos em torno da mesma temática, destacando a importância do respeito e da valorização ao idoso para uma vida com mais dignidade.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.