Diniz dança e Robson “Cheira”: PCdoB de Bequimão bate o martelo e firma apoio ao pré-candidato Cesar Cantanhede

A novela de “Quem seria o vice do Tucano” em Bequimão, acabou esta semana e está mais que confirmado. O vereador Elanderson (PCdoB) fechou com o pré-candidato a prefeito Cesar Cantanhede (PSDB), e será o vice na chapa do Tucano bequimãoense. A informação foi confirmada através de um Jornal distribuído pelo parlamentar. A notícia caiu como uma bomba dentro do grupo de oposição, e fez um ziriguidum, já que vários integrantes teriam se lançados pré-candidatos tentando galgar justamente a vaga de vice.

O ex-prefeito Antônio Diniz (PDT) que ainda insiste dizer que será candidato (mas está com o nome restrito na CGU) ficou para escanteio e com o pires na mão. A estratégia do pedetista foi totalmente errada e ainda levou o vereador Robson Cheira, que além de ficar sem partido, vai fazer companhia com Diniz vendo navios sem mar.

Com a confirmação de Elanderson na chapa de Cesar, isso pode mudar a história da política de Bequimão. Nesse caso, o PT deve lançar candidatura própria e ser apoiado pelo PDT de Antônio Diniz. Ou uma segunda alternativa: sair como vice do PDT, caso Diniz lance candidatura como sempre afirmou nos quatro cantos de Bequimão. Opção que acho difícil Diniz ter coragem de fazer.

A decisão de Elanderson apoiar Cesar Cantanhede foi tomada após reunião entre o Secretário de Comunicação, Marcio Jerry (presidente do PCdoB), o governador Flávio Dino, o subsecretário Robson Paz, o vice-governador Carlos Brandão (PSDB), coronel Lopes e Cesar Cantanhede. Sem muito tempo para esperar a boa vontade de Antônio Diniz, Cesar não perdeu tempo e bateu o martelo.

Três pré-candidatos do grupo de oposição em Bequimão vão ter duas opções nestas eleições: A 1ª opção – seria unir os três pré-candidatos (Dico da Farmácia, Magal e Diniz) e formar uma chapa como terceira via no município. A 2ª opção – Seria apoiar a candidatura de Cesar ou ficar vendo navios na orla marítima de Bequimão. O certo mesmo, é que duas chapas já estão formadas em Bequimão. Que venha uma terceira, e se possível, uma quarta opção. O desafio está lançado, resta saber se quem ficou por ultimo, tem coragem mesmo, ou só tem força no gogó… Quem não dança conforme a música, “Cheira”.

A luta agora é juntar os cacos, já que nos últimos seis meses muitos integrantes do grupo de oposição tentaram secar o pote pela sede de poder. Isso acabou afastando lideranças, como foi o caso do vereador Sinhor (PSB) que abandou a política definitivamente, segundo ele.

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.