Desembargador Froz Sobrinho participou de Encontro de Segurança Pública em Brasília (DF)

O coordenador-geral da Unidade de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Froz Sobrinho, participou em Brasília (DF), nos dias 20, 21 e 22 de agosto, do 12º Encontro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

Com o tema “Elegendo a Segurança Pública que Queremos”, o evento reuniu pesquisadores, representantes da sociedade civil organizada e do setor privado, policiais e membros do sistema de justiça criminal em torno do debate das mudanças necessárias para a melhoria da segurança pública no país, a partir das possibilidades e estratégias para uma maior aproximação entre polícia e sociedade.

A programação aconteceu na Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (FINATEC) da Universidade de Brasília, em parceria com o Instituto Avon e o Núcleo de Estudos sobre Violência e Segurança (NEVIS/UNB).

A iniciativa contou com uma série de atividades sobre homicídios, vitimização policial, enfrentamento da violência contra a mulher, audiências de custódia, formação dos profissionais de segurança pública, dentre outros, além de uma roda de conversa com jovens sobre juventude e segurança pública e conferências internacionais abordando os temas de desaparecimento, militarização da segurança pública na América Latina, accountability e eficiência das instituições policiais.

O entendimento do Poder Judiciário é de que são muitos os desafios que se apresentam nessa esfera e que as discussões coletivas são necessárias pra se encontrar as ferramentas corretas para a melhoria do setor de segurança pública.

Participam ainda do evento o promotor de Justiça, José Cláudio Cabral Marques, coordenador do Centro de Apoio Operacional Criminal do Ministério Público Estadual do Maranhão (CAOP-Crim); o comandante-geral da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), coronel QOPM Jorge Allen Guerra Luongo; o tenente-coronel QOPM Dário Bertoldo Pinheiro e o coordenador Executivo da Unidade de Monitoramento, Acompanhamento, Aperfeiçoamento e Fiscalização do Sistema Carcerário do Tribunal de Justiça do Maranhão, Ariston Chagas Júnior.

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.