Desde 2003, quase 4 mil servidores foram expulsos por corrupção

Ministério da Transparência já deflagrou 247 operações de combate à corrupção. Dados foram apresentados durante evento do Dia Internacional contra a Corrupção.

O Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União informou nesta sexta-feira (9) que 6.130 servidores foram expulsos do serviço público entre 2003 e 2016. Destes, 65% estavam envolvidos em corrupção, o que representa quase 4 mil servidores. Apenas em 2016, foram expulsos do serviço público 471 funcionários.

Em balanço apresentado durante o Dia Internacional contra a Corrupção, o ministério informou que desde 2003 foram deflagradas 247 operações de combate a corrupções. Essas operações foram realizadas em ações que somam R$ 4 bilhões.

Segundo o secretário-executivo do Ministério da Transparência, Wagner Rosário, 67% dos atos de corrupção investigados nessas operações ocorreram em áreas de saúde e educação. “São obras inacabadas, desvios em merenda escolar, medicamentos vencidos e mal armazenados que não servem ao seu propósito”, disse Rosário.

O secretário afirmou ainda grande parte das ações ocorrem em municípios com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). “O baixo IDH é uma das consequências das ações de corrupção.”

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.