De R$ 0 a R$ 2,4 milhões: veja o patrimônio declarado ao TSE pelos candidatos ao senado do MA

Ao todo, cinco nomes disputam uma vaga para o Senado Federal. Destes, apenas um é milionário e um não declarou bens à Justiça Eleitoral.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou os bens declarados pelos candidatos ao Senado pelo Maranhão nas eleições de 2022. Os valores dos patrimônios informados vão de R$ 0 a R$ 2,4 milhões.

Ao todo, cinco candidatos disputam uma vaga no Senado Federal. Entre eles, apenas um é milionário: Roberto Rocha (PTB). Um candidato não declarou bens ao tribunal: Pastor Ivo Nogueira (DC).

O primeiro turno das eleições onde serão escolhidos o presidente, governadores, senadores, deputados estaduais e federais, está marcado para 2 de outubro. O eventual segundo turno acontece em 30 de outubro.

Veja, abaixo, em ordem alfabética, o patrimônio informado por todos os candidatos ao senado do Maranhão.

Antônia Cariongo (PSOL) – R$ 6 mil

Antonia Cariongo é candidata ao senado pelo PSOL — Foto: Matheus Soares/Grupo Mirante

Antônia Cariongo tem 42 anos, é trabalhadora rural e candidata pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL).

Ao TSE, a candidata ao senado declarou ter R$ 6 mil de patrimônio, referente a um veículo automotor (carro, caminhão ou moto), que pertence a ela.

Flávio Dino (PSB) – R$ 825 mil

Flávio Dino — Foto: Divulgação/Governo do Maranhão

Flávio Dino tem 54 anos, é advogado, ex-juiz federal, professor universitário, político e ex-governador do Maranhão. Esta é a primeira vez que ele concorre a uma vaga para o Senado Federal.

Para o TSE, ele declarou ter um patrimônio de R$ 825.706,04, dividido em bens como apartamentos, casa, participações em sociedades, depósito em conta bancária e investimentos.

O candidato diz ter dois apartamentos em seu nome, com valor estimado, ao todo, de R$ 258 mil. Além disso, possui um outro imóvel, não especificado, no valor de R$ R$328.092,67 e uma casa avaliada em R$137.546,80.

Dino também possui uma sala comercial, avaliada em R$ 24.444,08; participações em sociedade no valor de R$ 5 mil e um seguro de vida previdenciário estimado em R$ 43.931,12;

Pastor Ivo Nogueira (DC) – R$ 0

Ivo Nogueira é candidato ao Senado Federal pelo Democracia Cristã — Foto: Divulgação/Juliana Chaves

Ivo Nogueira tem 64 anos e pastor da Igreja Batista em Açailândia, cidade localizada 562 km de São Luís. Ao TSE, ele declarou não ter nenhum bem em seu nome.

Roberto Rocha (PTB) – R$ 2,4 milhões

Roberto Rocha — Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Roberto Rocha tem 57 anos, é administrador, empresário e senador do Maranhão desde 2015. De todos os candidatos ao Senado Federal, ele é o que possui o maior patrimônio declarado ao TSE, com R$ 2.417.029,26 em bens.

Em sua declaração, Rocha diz ter um apartamento avaliado em R$ 1,3 milhões, uma casa estimada em R$ 337 mil e outro apartamento de R$ 448 mil.

O candidato a reeleição também possui R$ 144.429,26 em ações, incluindo aquelas provenientes de linhas telefônicas, quotas ou quinhões de capital no valor de R$ 20 mil e outros bens especificados, estimados em R$ 85 mil.

Saulo Arcangeli (PSTU) – R$ 385 mil

Saulo Arcangeli (PSTU) é candidato ao Senado pelo Maranhão — Foto: Reprodução / TV Mirante

Saulo Arcangeli, tem 50 anos, é servidor público e professor da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). AO TSE, ele declarou ter uma patrimônio estimado em R$ 385 mil.

Entre os bens declarados, está uma casa no valor de R$ 320 mil e dois veículos, no valor de R$ 45 mil e R$ 20 mil.

Fonte: G1 MA

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.