Coração Natalino, Restaurante oferece refeição gratuita para moradores de rua e idosos no Natal

O restaurante Shish, em Sidcup, na Inglaterra, criou uma campanha que está chamando a atenção de internautas nas redes sociais. Apesar de ser gerido por muçulmanos, no dia 25 de dezembro, o estabelecimento vai oferecer gratuitamente refeições completas, com entrada, prato principal e sobremesa, para moradores de rua e idosos. A ideia, disse o gerente Irfan Genc, é que ninguém fique sozinho no Natal.

Em entrevista ao jornal britânico “Independent”, Genc contou que a ideia surgiu do encontro inesperado de uma senhora idosa, que numa noite fria do inverno londrino, foi ao restaurante não para comer, mas para pedir ajuda. A janela da casa dela estava aberta e, por causa da altura, ela não conseguia fechá-la. Após uma breve caminhada e o cumprimento da tarefa, Genc recebeu um carinhoso abraço como agradecimento.

No dia seguinte, a idosa retornou ao restaurante e, em conversas com a equipe do restaurante, revelou ser uma pessoa solitária, o que emocionou a todos:

— Ela disse que não tinha nada a fazer além de esperar pela morte, porque seu marido havia morrido há alguns anos e ela não tinha mais ninguém para cuidar dela. Ela também disse que ficaria sozinha no dia de Natal — disse Genc. — A história dessa senhora realmente nos tocou. Não importa qual a sua religião ou qual língua você fale, nós estamos aqui para ajudar um ao outro nesse dia especial. E não queremos que ninguém fique de fora.

A história dessa senhora inspirou a campanha de distribuição gratuita de refeições no dia de Natal. Genc e o outro gerente levaram a proposta para os donos, que abraçaram a ideia. A refeição, disponível entre 12h e 18h, inclui uma sopa de entrada, prato principal com frango ou salada e pudim de sobremesa.

Nas redes sociais e na vizinhança, a recepção foi extremamente positiva. Moradores da região se voluntariaram para ajudar e motoristas de táxi se comprometeram a fazer corridas grátis partindo ou chegando ao restaurante. Algumas pessoas chegaram a oferecer doações em dinheiro, que foram recusadas: “nós queremos fazer com o nosso próprio bolso”, disse o gerente.

A expectativa é que ao menos 50 refeições sejam servidas, mas após a repercussão na imprensa local, talvez esse número aumente. A refeição de Natal será a primeira iniciativa do tipo no restaurante, mas, dependendo do resultado, é possível que a ação se torne mensal, com apoio dos clientes.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.