Consumidor deve ficar atento ao direito de meia-entrada em festas de Réveillon

 

 

Aos beneficiários da meia-entrada, o Procon/MA lembra que esse direito é garantido e obrigatório nas festas de réveillon, mesmo que sejam oferecidos serviços extras, como open bar e open food.

 

 

Neste período de festa de fim ano, os consumidores precisam ter cuidado na hora de comprar ingresso para festas e shows, observando os direitos garantidos em lei, como a meia entrada disponibilizada a estudantes, professores, idosos, jovens hipossuficientes e doadores de sangue.

Aos beneficiários da meia-entrada, o Procon/MA lembra que esse direito é garantido e obrigatório nas festas de réveillon, mesmo que sejam oferecidos serviços extras, como open bar e open food.

“Supondo que o valor do ingresso custa R$ 100, R$ 30 se referem ao valor do acesso ao evento e R$ 70 dos serviços adicionais [open bar e open food]. Assim, o valor de meia-entrada seria referente à metade do valor dos serviços adicionais mais a metade do valor de acesso ao evento”, explica o presidente do Procon-MA, Duarte Júnior.

A recomendação do órgão com relação ao direito a meia-entrada tem como base o Artigo 8º, §2º, do Decreto nº 8.537/2015 e no artigo 1º, §1º, da Lei nº 12.933/2013. O Procon ressalta que esse benefício incide apenas ao valor do acesso à festa.

Os consumidores que se sentiram lesados devem formalizar denúncia por meio do aplicativo, site ou nas unidades físicas de atendimento do Procon/MA.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte: ma10

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.