Carteira de vacinação deve ser atualizada para férias

Recomendação da Anvisa é imunizar aqueles que farão viagens nacionais e internacionais; unidades de saúde do estado estão abastecidas

As unidades de saúde da capital e interior do Maranhão estão abastecidas com as vacinas recomendadas pelo Ministério da Saúde (MS) e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para imunizar viajantes que se deslocarão em viagens nacionais ou internacionais.

O Departamento de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde (SES), orienta a respeito das vacinas de Febre Amarela, Tríplice Viral (Sarampo, Rubéola e Caxumba), Influenza (Gripe) e Hepatites A e B, como as principais para atualização da caderneta de vacinação.

Recomendação

Segundo a coordenadora do departamento, Helena Almeida, ao organizar a viagem é necessário se preocupar com essa atualização, principalmente, para Áreas com Recomendação de Vacinação (ACRV).

“Existem doenças que, mesmo que não estejam em circulação endêmica, precisam continuar sendo prevenidas. A vacina de febre amarela, por exemplo, enquadrase nesse caso. Quem vai para áreas rurais ou de mata, deve receber em dose única com pelo menos 10 dias de antecedência da data da viagem”, explicou Helena Almeida.

A Anvisa disponibiliza informações para proteger a saúde dos viajantes e mantém Centros de Orientação ao Viajante (COV) credenciados para emissão do Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP), utilizado prioritariamente em viagens internacionais.

Em São Luís, o COV funciona nas dependências do Aeroporto Marechal Cunha Machado e o atendimento pode ser por ordem de chegada ou mediante agendamento pelo sistema SISPAFRA, por telefone ou por e­mail.

Certificado

No Brasil não existe a obrigatoriedade de apresentação do certificado de vacinação para entrada no país, mas o MS recomenda que os turistas estejam com seu cartão de vacinação em dia, conforme as orientações do calendário de vacinação de origem ou residência.

As vacinas para tríplice viral, febre amarela e hepatite B, são encontradas em qualquer tempo nos postos de saúde. A vacinação contra Hepatite A é feita para crianças até 2 anos e, para o vírus influenza, acontece para os grupos de risco em campanhas anuais, antes do período de maior incidência da doença.

Nesses dois últimos casos, o Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE), que funciona no Hospital Materno Infantil, deve ser procurado para adequação do esquema de vacinação. Além disso, a Anvisa disponibiliza em seu site, a relação das vacinas exigidas por cada país destino, levando em consideração as características de cada localidade.

SERVIÇO

Centro de Orientação para a Saúde do Viajante da ANVISA

Aeroporto de São Luís Telefone: (98) 3245­8185

Atendimento: Segunda a Sexta, 8h às 12h e de 13h às 17h – Endereço: Av. dos Libaneses, nº 3503 ­ Aeroporto Marechal Cunha Machado – Tirirical ­ São Luís – MA

Informações saúde do viajante: http://www.anvisa.gov.br/viajante/

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.