Carlos Miguel Aidar renuncia a presidência do São Paulo

Carlos Miguel Aidar não é mais presidente do São Paulo. O dirigente chegou a cancelar uma reunião em que oficializaria a renúncia, mas enviou email a funcionários confirmando a saída e, há pouco, entregou a carta de renúncia ao presidente do Conselho Deliberativo do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, que assume a presidência interinamente.

Leco tem até um mês para convocar uma nova eleição, para a qual já afirmou ser um dos candidatos. A gestão do presidente eleito terminará em abril de 2017.

Isolado politicamente no São Paulo, Aidar está sendo acusado pelo ex-vice-presidente de futebol do clube, Ataíde Gil Guerreiro, de ter cometido uma série de irregularidades. Entre elas, desvio de dinheiro da equipe em favor próprio.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.