Britânica de 17 anos morre após overdose acidental de paracetamol

Foto: Reprodução
A morte de uma jovem britânica alertou o mundo, mais uma vez, para os riscos da automedicação. Georgia Littlewood, de 17 anos, morreu de uma overdose acidental de paracetamol, substância química presente em medicamentos analgésicos e antitérmicos. As informações são do jornal “The Telegraph”.

Um exame feito no corpo da jovem mostrou que ela tinha 65 microgramas de paracetamol na corrente sanguínea, dose três vezes maior que a recomendada por médicos, de 20mcg. “Parece-me que Georgia não estava totalmente consciente do efeito tóxico do paracetamol, que pode se desenvolver num curto período de tempo. Não acredito que tenha sido um ato intencional da jovem para se ferir”, comentou a legista Mary Burke, que fez um alerta. “O paracetamol é um medicamento muito acessível, mas que pode ser extremamente perigoso. Há doses prescritas por médicos por uma razão. Se não segui-las, pode haver uma tragédia. Se você tomar uma dose maior que a recomendada, seu corpo pode não lidar bem com isso”.

Autoridades locais informaram que ninguém será acusado pela morte de Georgia, já que esta foi considerada acidental.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.