Banco da Amazônia doa R$ 200 mil para Fundo da Infância e Adolescência de Estreito e Caxias, no Maranhão.

Nesta quinta-feira, 10, a coordenação do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FIA) da cidade de Estreito, recebeu do Banco da Amazônia um cheque simbólico na quantia de R$ 100 mil. Esse valor é parte do Imposto de Renda (IR) devido no exercício de 2018, doado como renúncia fiscal.

A doação ao FIA por meio da dedução do Imposto de Renda pode ser realizada durante todo o ano. Dessa forma, algumas empresas, a exemplo do Banco da Amazônia, dedicam parte do IR devido de 2018 ao fundo antes do período de declaração.

O Gerente do Banco da Amazônia de Estreito, Raimundo Antônio Gomes, comenta: “Nossa missão é ajudar no desenvolvimento da nossa região.  Eu fico muito feliz pela dedicação desse recurso para o município de Estreito. Todos ganham com isto”.

O evento de entrega oficial do cheque de doação contou com a presença do Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Pe. Domingos Guimarães, o Vice Presidente do CMDCA e Coordenador do Projeto REVIVER, Pe. Almir Marques, o Prefeito Cícero Neco, o Secretário Municipal de Meio Ambiente, Brunno Ramoelc, a Secretária Municipal de Assistência Social, Deborah Morais, o Secretário Municipal de Comunicação, Roberto Carlos e o Diretor do Departamento Municipal de Trânsito, Sargento Jamil.

Em suas considerações o Presidente do CMDCA, Pe. Domingos Guimarães, destacou o trabalho do Banco da Amazônia, elogiando a ação realizada e reforçando que os Conselhos Municipais necessitam de doações financeiras para auxílio em seus projetos.

Outra doação no valor de R$ 100 mil também foi realizada na cidade de Caxias com a presença do Secretário Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Francisco de Assis Abreu Junior, a Presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, Katia Braga, entre outros convidados;

Além do Maranhão, os estados de Rondônia, Mato Grosso e Tocantins também foram contemplados, totalizando doação no valor de 1,8 milhão aos Fundos da Criança e Adolescente da região amazônica.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.