Após massacrar o Sampaio Corrêa: Inter leva um toco do Juventude

 

jogo4rfd_3843

Apesar do campo pesado em razão da chuva que caiu em Caxias do Sul, Juventude e Inter lutaram durante a tarde deste domingo no Alfredo Jaconi.

 E os donos da casa conseguiram a vitória nos acréscimos. Na primeira etapa, Caion chegou a acertar o poste. No segundo tempo, Bruno Ribeiro chegou a perder um gol com Danilo Fernandes batido. Depois, o Colorado empilhou chances desperdiçadas com Carlos. Charles ainda foi expulso. O 0 a 0 saiu apenas aos 52 minutos da etapa final. Sananduva cabeceou e acertou o peito de Junior cinco minutos antes. Diego Real acabou entendendo que a bola acertou a mão do colorado e marcou pênalti. Na cobrança, Tadeu deslocou Danilo que garantiu o triunfo ao Ju por 1 a 0. 
 
O Juventude entrou disposto a abrir o placar logo no início. Uma blitz do time de Gilmar Dal Pozzo só não resultou em gol devido às defesas de Danilo Fernandes, que defendeu um chute e um cabeceio de Taiberson e um cabeceio de Caion. Depois, o Colorado se acalmou e equilibrou as ações. Brenner cabeceou duas vezes para fora. Roberson obrigou Douglas Silva a fazer grande defesa. Antes do intervalo, Caion acertou o poste. No fim, o Colorado saiu no lucro com o 0 a 0.

 A etapa final iniciou com mais pressão do Juventude. Aos seis minutos, o time de Gilmar Dal Pozzo perdeu chance incrível. Caion cruzou na área, Caprini tentou de calcanhar e, na sequência, Bruno Ribeiro chutou para fora. Pouco depois, aos 12, Charles foi expulso por entrada em Pará. 

Apesar de um a menos, o Inter acordou com a saída do volante. Carlos, que entrou na vaga de Nico López, perdeu três chances. Nos acréscimos, Sananduva cabeceou, a bola bateu no peito de Junio, mas a arbitragem marcou pênalti. Aos 52, Tadeu bateu no canto direito, com Danilo pulando para a esquerda e garantindo os três pontos ao Juventude.
  Aos 47 minutos do segundo tempo, o Juventude teve um pênalti a seu favor. Ruan cabeceou para Sananduva, que, também de cabeça, acertou Junio. A bola bateu no peito, mas Diego Real deu a infração. Cinco minutos depois, Tadeu bateu no canto direito de Danilo, que saltou para a esquerda.
  Na próxima rodada, o Inter recebe o São Paulo-RS. O jogo será disputado no sábado, às 19h, no Beira-Rio. Já o Juventude entra em campo meia hora antes. O time recebe o Caxias, no Alfredo Jaconi, para a disputa do clássico Ca-Ju.

Após confusão na área, Diego Real marca pênalti. Junio corta cabeceio de Fahel com o peito, mas o árbitro entende que o lateral do Inter bate com a mão na bola após cabeceio de Sananduva

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.