Alunos do Centro Educa Mais de Viana implementam projeto Canteiro Sustentável

Em meio ao pátio externo do Centro Educa Mais Dom Hamleto de Angelis, escola em tempo integral da rede pública estadual em Viana, os alunos se reuniram no intuito de preservar e reutilizar objetos que iam para o lixo, em benefício da escola. O centro inaugurou um canteiro sustentável como parte de uma gincana, que teve como o tema “O protagonista praticando sustentabilidade” com a iniciativa dos gestores, e que tem a função de mostrar o cuidado que devemos ter com a natureza, utilizando materiais recicláveis.

Para que o planejamento do canteiro fosse executado, alunos da 1ª, 2ª e 3ª séries tiveram orientações essenciais dos professores de Biologia e Geografia para a escolha de plantas, definição de quais cuidados tomar e preparo com os instrumentos como garrafas pet, madeira, pneus, latas e copos descartáveis, para reutilização.  

“Esse projeto visa despertar e sensibilizar toda a escola para o nosso papel de conservação e preservação do meio ambiente, além de garantir boas ações que promovam a vida saudável no planeta”, explicou o gestor José Mauricio Costa Mota.

A escola, que foi reformada há pouco meses pelo Governo do Estado, agora está com visual mais agradável também pelo trabalho em grupo da comunidade escolar. A ideia foi, primeiramente, promover o protagonismo através de boas ações e a sustentabilidade ambiental para garantir a vida humana. 

Para a estudante Milena Cantanhede, a proposta, no começo, foi um grande desafio. “Era quase que uma missão impossível, mas quando nos aprofundamos no assunto, vimos que há diversas maneiras de salvar o planeta, como mudando de pensamento e agindo”, declarou.

“Os canteiros não foram só implantados por uma disputa de gincana, mas sim por uma preservação e mobilização de todos os alunos aqui da escola, porque sabemos que a natureza é finita e a qualquer momento seus meios podem acabar, então devemos preservar”, concluiu a estudante do 2° ano, Adylla Thayná Diniz Ribeiro.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.