Aluna aprendiz de criminalidade aplica várias facadas em colega de sala

Escola estadual abriga alunos da UEB Josué Montelo, que tem seu prédio em reforma
Escola estadual abriga alunos da UEB Josué Montelo, que tem seu prédio em reforma (Foto: Daniel Morais / Imirante.com 
 Ficou insustentável a situação da violência nas escolas da rede pública de ensino de São Luís, que continuam sem o serviço de segurança e vigilância. Mesmo com ações do Ministério Público, da Secretária de Segurança Pública e professores o clima de medo nas unidades de educação só aumenta. No início da tarde desta quinta-feira (5) um aluno do 8º ano, que tem 15 anos ano, levou dois golpes de faca de uma aluna do 7º, de 13 anos, dentro do pátio da escola estadual Estado do Ceará, que fica no bairro da Coheb. Segundo uma professora, a confusão teria sido após uma discussão em um grupo de Whats App. O aluno foi levado ao hospital e já está em casa, os golpes foram no ombro. A equipe de O Estado Online esteve na porta da escola Estado do Ceará nesta quinta-feira e flagrou pais indo pegar os filhos, mesmo antes do encerramento do horários das aulas.

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.