Agências bancárias não vão funcionar e ônibus vão deixar de circular nesta sexta-feira em São Luís

Os bancários fecharão agências e participarão de manifestações com outras categorias, em defesa da previdência pública e a luta contra os cortes na educação e por mais empregos. Em São Luís, a concentração dos manifestantes ocorrerá na praça Deodoro, no Centro, a partir das 13h.
“Vale ressaltar que se a proposta de Reforma da Previdência for aprovada, aumentará o tempo de contribuição e de trabalho (65 anos para homens e 62 para mulheres), diminuirá o valor dos benefícios (licença-maternidade, etc.), dificultará a aposentadoria das mulheres e ameaçará as políticas de saúde e de assistência social, como o BPC, indispensável para a sobrevivência dos idosos de baixa renda, que receberão míseros R$ 400,00 por mês. Além disso, essa medida perversa não combaterá os privilégios, uma vez que a alta cúpula das Forças Armadas, do
Judiciário e dos políticos continuará se aposentando em condições especiais e vantajosas. Como se não bastasse, ainda tem a capitalização, que só visa garantir mais lucros aos bancos, através dos planos de previdência privada, o que levará a previdência pública à falência, pagando benefícios miseráveis ou até dando calote nos trabalhadores, como ocorreu no Chile e em outros países da América Latina”, afirma o Sindicato dos Bancários do Maranhão.
Ainda de acordo com a entidade, é preciso cobrar investimentos do governo na área da educação. “É preciso, ainda, cobrar mais investimentos para a educação ao invés de cortes ou contingenciamentos, bem como exigir do Governo a criação de mais empregos diretos, dignos, sem precarização ou terceirização”, declara.

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão informou nesta quinta-feira (13) que 100% da frota de ônibus da capital deixará de circular entre às 4h e 9h desta sexta-feira (14). A medida faz parte da greve geral convocada pelas Centrais Sindicais, Movimentos Sociais e por diversos grupos estudantis contra a reforma da previdência.
Também haverá bloqueio da BR 135, no Km 2 na Vila Itamar às 5h da manhã; bloqueio da Avenida dos Portugueses em frente a UFMA às 5h da manhã e Ato político na praça Deodoro às 13h.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.