Aberta em São Luís 4ª Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres

Com o desafio de apontar estratégias para efetivação das políticas públicas de igualdade para as mulheres foi aberta, nesta segunda-feira (21), no Convento das Mercês, a 4ª Conferência Municipal de Políticas para Mulheres. O evento, realizado pela Prefeitura de São Luís e pelo Conselho Municipal da Condição Feminina, se estenderá até esta terça-feira (22), com a participação de representantes de entidades, movimentos e organizações ligadas à promoção e à proteção dos direitos das mulheres.

A secretária de Municipal da Criança e Assistência Social, Andreia Lauande, que representou o prefeito Edivaldo no evento, reiterou o compromisso da gestão municipal de trabalhar no sentido fomentar as políticas nesta área. “Enquanto poder público sabemos da nossa responsabilidade e reiteramos a necessidade de reestruturar a Coordenadoria da Mulher, os centros de referência, os postos de saúde e aqui estamos em um espaço de construção dessas políticas onde todos os entes envolvidos têm oportunidade de contribuir para estas mudanças”, destacou a titular da Semcas.

Durante a conferência serão eleitas as delegadas que irão representar a capital na etapa estadual, prevista para novembro. A coordenadora Municipal da Mulher, Vânia Albuquerque, disse que este é um momento importante onde serão colhidas contribuições para elaboração de um documento que vai nortear as discussões durante as conferências estadual e nacional.

A secretária de Políticas para Mulheres do governo federal, Tatau Godinho, destacou que São Luís tem se desenvolvido bastante no último período com a Secretaria de Políticas para as Mulheres no Estado e a Coordenadoria do Município. “O fato de se ter um organismo especifico que pensa as políticas faz com que a administração municipal consiga desenvolver, com mais coordenação e capacidade, um plano de trabalho e políticas para as mulheres”, disse.

Para estabelecer novo círculo de desenvolvimento para o Estado é preciso, segundo a secretária de Estado da Mulher, Laurinda Pinto, que haja um reflexão maior sobre o papel da mulher nesse novo momento. “O sentimento de mudança tem que nortear essa conferência, tem que nos orientar, porque a responsabilidade de São Luís é grande. A conjuntura política que temos é séria, precisa da força, da determinação e da unidade da mulher ludovicense”, enfatizou a secretária.

Após a abertura do evento foi realizada palestra magna, ministrada por Silvani Magali, Josanira Rosa e Tatau Godinho que abordaram o tema “Mais direitos, participação e poder para as mulheres”, temática do evento.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.