Assembleia deve instalar CPI para apurar denuncias de grampos

A Assembleia Legislativa do Maranhão pode instaurar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar denúncias de que os 42 deputados estaduais possam estar com seus telefones grampeados pelo sistema de Segurança Pública do Estado.
A denúncia foi feita pelo deputado Sousa Neto (PTN/foto), que ressaltou que a exoneração do Coronel Sá, ex-subcomandante da Polícia Militar, está ligada à prática ilegal de grampos telefônicos dos nobres parlamentares.
“A inteligência da Polícia do Maranhão e o serviço Guardião estão sendo usados para escutar a todos os deputados desta Casa e alguns assessores do próprio Governo. O serviço de inteligência era para trabalhar e para evitar explosão de caixas eletrônicos, para evitar assaltos a bancos, mas está sendo desvirtuado”, afirmou o deputado Sousa Neto.
Fonte: Mário Carvalho

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.