Yet Go, aplicativo de mobilidade urbana, chega a São Luis

Concorrente do Uber, aplicativo oferece promoções e corridas mais baratas.

No dia 21 de janeiro, sábado, São Luís receberá a Yet Go, plataforma de mobilidade urbana 100% brasileira, que foi lançada para concorrer diretamente com o Uber em todo o Brasil, oferecendo valores mais baratos na corrida, com serviços de carro comum, executivo, mototaxi e motofrete.

Atualmente, a empresa já possui mais de 700 motoristas cadastrados na capital maranhense. A tarifa prevista para ser cobrada é de R$ 1,70 para o carro comum e R$ 2,00 para o carro de luxo, a cada quilômetro percorrido. A tarifa base será de R$3,00. Comparando com a bandeira 1 do táxi comum, ao utilizar o serviço pelo aplicativo, os usuários têm uma economia de até 40%. Com relação ao táxi de aeroporto, o aplicativo fica entre 50% e até 70% mais barato, dependendo da cidade.

Yuri Mota, representante do aplicativo, estará na capital maranhense a partir do dia 19 até o dia 26 de janeiro para a reunião de ativação do aplicativo e para realizar treinamento com os motoristas. O evento será no dia 21, no Stop Way Hotel, às 10h.

Para atrair a clientela, a empresa oferece uma série de promoções, não trabalha com tarifa dinâmica, não cobra tarifa de cancelamento da corrida e mantém fixo o preço do quilômetro rodado. “O nosso valor é fixo e 40% menor que o do taxi tradicional. Os usuários podem pagar tanto em cartão quanto em dinheiro e não é necessário informar o número do cartão para se cadastrar no aplicativo. Mensalmente, faremos o Yet10, corridas a R$10,00 para qualquer lugar dentro do município. A promoção já acontece em outras cidades do Brasil e é um sucesso”, conta Yuri Mota. “Recebemos um aporte financeiro de 5 milhões de reais, fazendo com que a empresa cresça mais rápido do que o esperado”, complementa Alberto Souza Junior, sócio fundador da empresa.

Além dos usuários, os motoristas também terão benefícios. “Eles ficarão isentos de 100% da taxa de pagamento, no 1º mês, para a empresa. Além disso, terão convênios com postos de gasolina das cidades, onde o preço do combustível será R$ 0,20 menor do que o normal. Se for bem avaliado pelos usuários, terá redução na taxa de 25% que será cobrada pela empresa a partir do segundo mês de operação”, comenta Alberto.

Yet Go

O aplicativo, 100% brasileiro, foi desenvolvido em Belém (PA), pelo chefe de departamento de TI da Yet Go, Raphael Canguçu, e lançado em novembro de 2016. Ele já está disponível para download no Android e Apple Store.  Em pouco tempo, seu sucesso como franquia já ultrapassa os limites marcando presença em boa parte das capitais brasileiras com o propósito de ser a melhor plataforma de mobilidade urbana do país, especialmente, considerando-se custo/benefício. O Yet Go já funciona em São Paulo, São Luís, Fortaleza, Belo Horizonte, Brasília, Belém,  Alagoas, Curitiba, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O aplicativo teve 3 holdings de investidores: TWIM (Belém) Investimento, Grupo JBG3 (Rio Grande do Sul) e Fênix (Belo Horizonte). Eles pretendem abrir o capital da empresa até o final do primeiro semestre de 2017. Atualmente, o Yet Go está avaliado em mais de 100 milhões de reais.

O Yet Go possui uma parceria com a Fenamoto (Federação Nacional dos Mototaxistas e Motoboys do Brasil), a qual indica a todos os seus associados à plataforma. Estima-se que exista 5 milhões de associados e que cada profissional realize uma média de 20 corridas diariamente, com uma margem de 100 milhões de corridas por dia no Brasil.

Além de São Luís, nos próximos dias, a empresa começa a operar em 70 cidades, como Rio de Janeiro, Cuiabá, Manaus, Natal, Marabá e Parauapebas. A estimativa é que no início de fevereiro consiga faturar R$7 milhões por dia em corridas por todo o Brasil.

Para chegar ao modelo ideal, os criadores da empresa percorreram diversas cidades no Brasil e nos Estados Unidos de táxi e utilizando plataformas concorrentes para avaliar os serviços.

 Segurança

A Yet Go dispõe de mecanismos que garantem a segurança dos usuários.

Ao solicitar o cadastro, o motoristas precisa apresentar um “nada consta” de antecedentes criminais e estar com a documentação pessoal e do veículo em dia. Além disso, o veículo tem que ser acima de 2008 e bem conservado.

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.