UEMA: nova reunião discutirá implementação do PCCS

Um novo encontro entre representantes do Governo do Estado edirigentes do Sindicato dos Trabalhadores da Uema (Sintuema) discutirá nesta segunda-feira (19), às 14h, na Secretaria de Estado da Administração e Previdência (Seaps), uma solução para a greve da categoria, que já completa 30 dias. Logo após a reunião haverá uma assembleia geral dos servidores da Uema para deliberar sobre a proposta de fim da greve.
Na última sexta-feira (16), no gabinete do secretário de Estado da Administração e Previdência Social, em exercício, Akio Valente Wakyiama, foram discutidos todos os pontos do projeto de lei que regulamenta o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) dos servidores.
Participaram da reunião, além do secretário Akio Wakyiama, as secretárias-adjuntas de Previdência, Graça Cutrim, de Gestão de Pessoas, Graça Jansen; o presidente do Sintuema, Valber Tomé Gomes; o assessor jurídico do sindicato, Pedro Duailibe Mascarenhas, e os diretores da entidade, José de Ribamar Gusmão e Dionísio Roque dos Santos.
A elaboração do PCCS é uma antiga reivindicação dos servidores da Uema, o que motivo do movimento grevista. Para o advogado Pedro Mascarenhas, o diálogo com o Governo do Estado, por meio da Seaps, tem avançado e tudo caminha para uma solução nos próximos dias. “Retomamos a negociação e a relação de confiança com o governo. Vamos destacar estes avanços na assembléia com a categoria, informando que tudo está sendo encaminhado de forma clara”, assinalou.
A proposta de projeto de lei do PCCS dos servidores da Uema que está sendo negociada com o Sintuema será submetida ao Comitê de Política Salarial do Governo do Estado, no dia 26 deste mês. “Tudo está sendo feito de forma consensual e há uma determinação de procedermos com a maior celeridade possível para deixar tudo em condições de exame pelo comitê no dia 26 deste mês”, afirmou o secretário Akio Wakyiama.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.