TRABALHO CIENTÍFICO

Estudo demonstra a relevância do hemograma automatizado na deteção de doenças onco-hematológicas em pacientes das UPA´s

O Trabalho científico intitulado “Perfil de Doenças Onco-Hematológicas, Triadas por Hemograma, em Pacientes Atendidos em Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24h)” foi produzido pela equipe de Farmacêuticos-Bioquímicos, especialistas em Hematologia, do Laboratório LACMAR e coordenado pela assessora científica do Laboratório LACMAR, Dra. Elda Pereira Noronha Avila.

Esse estudo foi apresentado em São Paulo, na modalidade de poster no Congresso Brasileiro de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular; o maior congresso da área do hemisfério Sul. O trabalho objetivou determinar o perfil das doenças onco-hematológicas, triadas por hemogramas, em pacientes atendidos em seis UPAs da Ilha Upaon-Açu.

Constatou-se que no período do estudo, de Janeiro/21 a Junho/22, foram identificados através do hemograma automatizado e da análise microscópica do sangue, pelos especialistas do Laboratório LACMAR,  um total de 72 pacientes com diversos tipos de doenças onco-hematológicas; sendo os casos de Leucemias Agudas os mais frequentes.

A Farmacêutica-Bioquímica do Laboratório de Hematologia do HEMOMAR, Gabriela Alves Bernadinho, que colaborou com o estudo e apresentou o trabalho no Congresso, relata a experiência:

“Participar desse Congresso foi uma oportunidade importante para trocas de experiências e aprendizados junto aos grandes nomes da Hematologia do Brasil. A apresentação do trabalho visou mostrar que as UPAs são portas de entrada para muitos pacientes com neoplasias hematológicas, ainda não diagnosticadas, e ressalta a importância do exame de hemograma e da avaliação microscópica criteriosa por profissionais qualificados, para o direcionamento de um diagnóstico correto e mais rápido; e o encaminhamento desses pacientes para setores mais especializados, aumentando desta forma as suas chances de vida. É gratificante saber que um trabalho de qualidade pode ser realizado em prol de pacientes da rede pública” declarou Gabriela.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.