Sim, é possível mudar! É hora de mudar. Seja um Progressista, junte-se a nós.

Autor: Leoncio Lima *

A redação vencedora do concurso internacional da UNESCO ( Organização das Nações Unidas para Educação e Cultura ) da Clarice Zeitel, brasileira, 26 anos, estudante do curso de Direito da UFRJ; mostra claramente a forma como o brasileiro sente e se manifesta contra a realidade massacrante do nosso país.

 

Pegando um “gancho” da redação – denúncia da Clarice; inteligentemente escrita, principalmente quando ela aborda sobre a necessidade de um pacote efetivo na resolução do problema, que contivesse a equação educação + liberdade + igualdade, questionando também “ de que serve um governo que não administra??” , “de que serve um homem (sociedade) que não se posiciona?”.  Tudo isso nos leva a refletir que é necessário mudar.

 

Mudar por quê?   O que ganharemos com estas mudanças?

 

As pessoas mudam por necessidade ou por desejo. A necessidade de mudar ocorre em nossas vidas quando as coisas não estão dando certo. Já o desejo de mudar ocorre quando queremos resultados ainda melhores em relação aos que estamos obtendo. É próprio do ser humano ter necessidades e desejos, portanto, podemos concluir que a mudança é necessária para nos fortalecer ; mesmo sabendo que existem algumas contradições sobre este assunto.

 

Ocorre que, para mudar e absorver mudanças em nossas vidas é necessário equilíbrio entre competência e auto-estima. Aí está o “xis” da questão. Segundo o grande professor doutor e consultor Roberto Shinyashiki, “falta ao Brasil competência e não auto-estima”. Segundo ele, o mundo precisa de pessoas mais simples e transparentes, que trabalhem para realizar seus projetos de vida, e não para impressionar os outros. Que saibam pedir desculpas e admitam seus erros.

 

A grande maioria das corporações, sejam elas privadas ou públicas, valorizam e contratam as pessoas que são “boas de conversa” e “sabem fingir” em detrimento a pessoas motivadas e competentes em sua área de atuação; ou seja, acaba-se premiando pessoas mal preparadas na arte de CRIAR e bem preparadas na arte de REPRESENTAR. É esta mudança que todos nós queremos?

 

Se quisermos causar mudança nas pessoas através da educação, ética e transparência; precisamos começar em casa com nossos filhos. Como pais e cidadãos, temos a obrigação de preparar filhos menos arrogantes e mais humildes. É necessário que os nossos filhos busquem a verdadeira motivação na arte de fazer o bem independente a quem e passem a encarar as angústias e inseguranças como parte natural da vida e, acima de tudo, aceitá-las.

 

Precisamos entender e nos fazer entender que metas são  interessantes para o sucesso, mas não para a felicidade. A felicidade é um estado de espírito e não uma meta.

 

Se fizermos nossa parte como pais e cidadãos, preparando nossos filhos para a obtenção do equilíbrio entre competência e auto-estima e, somado a isso, governantes preocupados em administrar com objetivos claros e, investimento numa educação com qualidade; teremos com certeza uma sociedade mais justa e mais feliz.

 

Por este motivo, O Partido Progressista do Maranhão através de seu presidente, o Deputado e Secretário de Estado da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Desenvolvimento Tecnológico do Maranhão; Waldir Maranhão em conjunto com os membros da Executiva Municipal de São Luís, selaram um pacto pela construção de uma relação mais direta com as comunidades de nossa capital; através do fortalecimentos das lideranças locais e participação maciça destas, na concepção do Plano Diretor do Partido Progressista.

 

Então comece agora!

É hora de mudar.

Junte-se a nós!

Venha para o Partido Progressista.

 

* Membro do PP e Coordenador de Estruturação do Diretório Municipal de São Luís.

Contato: leoncio.lima@globo.com

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.