Redes Sociais

Sampaio prepara novo pacote de reforços

 
Presidente do Sampaio voltou a criticar comprometimento de alguns jogadores.
Presidente do Sampaio voltou a criticar comprometimento de alguns jogadores. – BIaman Prado/O Estado

SÃO LUÍS – Qual a receita necessária para o Sampaio Corrêa conseguir fugir do rebaixamento para a Série C do Campeonato Brasileiro? A receita é meio complexa e passa pelo nome do técnico Flávio Araújo, que foi confirmado como novo comandante do time que luta para escapar do fantasma da Terceira Divisão. Velho conhecido do time tricolor, Araújo terá uma missão indigesta. E, por isso, para que a antiga receita de sucesso do “Rei dos Acessos” possa vir a dar o resultado esperado pelo Sampaio Corrêa, o presidente do clube, Sérgio Frota, se prepara para fazer mais mudanças na equipe. Além do novo treinador, o elenco tricolor ganhará caras novas.

“Pelo menos cinco jogadores devem chegar. Todos estavam em atividade. O momento urge. Temos que dar uma resposta imediata. O Flávio [Araújo] vai ter que olhar pro banco e ver jogadores com condições de entrar. Vai haver mudanças. Vai sair jogadores, vai chegar jogadores. O objetivo agora é permanecer na Série B. Temos que aumentar o nosso aproveitamento de 23% para 60%, mas não é impossível. Vamos acreditar. É preciso acreditar”, disse o dirigente em entrevista à uma emissora local

Sobre a situação complicada do Sampaio Corrêa nesta edição da Série B com apenas 12 pontos ganhos em 18 jogos disputados, Frota comparou o momento do time ao um paciente com uma grave doença na UTI de um hospital que respira com a ajuda de aparelhos.

“Tempo há [para sair do Z4]. Só não pode o Sampaio continuar desperdiçando pontos. Volta um treinador que é meu amigo pessoal, que tem uma história no Sampaio. Isso é fundamental. O Sampaio ainda não caiu. Está na UTI e, às vezes, tu sai. O cara está na UTI, está respirando e, às vezes, ele sai. Vamos tentar. Acho que dá tempo. Vou trabalhar muito com todos aqueles que fazem o Sampaio e, agora, com o Flávio Araújo para que gente possa sair dessa situação”, falou Frota.

Sem paciência

Para não ser rebaixado, a nova receita tricolor precisará ter mais ingredientes além de um novo técnico. Como um “mestre-cuca”, Sérgio Frota quer acrescentar algumas pitadas de comprometimento no elenco tricolor. O dirigente não cita nomes, mas garante não ter mais paciência para atitudes nada profissionais de alguns jogadores.

“Está faltando, sobretudo, atitude para os jogadores do Sampaio. Eu não vou abrir a cabeça do jogador e dizer que ele é um profissional do futebol. Se você tem um jogo na sexta, concentrou na quinta, na quarta-feira você não pode está bebendo. O maior problema que nós temos no Sampaio hoje é a falta de comprometimento. Não diria só com o Sampaio por parte de determinados profissionais, mas, sobretudo, com a sua profissão. Tem jogadores assim, inclusive maranhenses. Agora a paciência esgotou. Falta comprometimento por parte de certos jogadores e, todos aqueles que não tiverem comprometimento, vão embora”, garantiu Frota.

Por fim, o presidente do Sampaio Corrêa garantiu que a intenção é trazer mais atletas para encorpar o elenco no restante da Série B. Na lista tricolor consta um goleiro, dois volantes, um meia, dois atacantes e um zagueiro para substituir Luiz Otávio que está de saída para o Santa Cruz. Frota explicou que não há como segurar Luiz Otávio já que o atleta já “está com a cabeça virada”. O time pernambucano teria oferecido salário de R$ 60 mil ao zagueiro que, hoje, recebe cerca de R$ 25 mil.

O Sampaio Corrêa volta a campo pela Série B somente no dia 16 de agosto, quando receberá o Goiás, no Estádio Castelão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *