Redes Sociais

Saída temporária de presos causa quatro homicídios na Grande Ilha

VIOLÊN
Na estrada da Vitória no Miritiua, em São José de Ribamar, um jovem, identificado como Thiago dos Santos Corrêa, 24 anos, foi morto a tiros.
Na estrada da Vitória no Miritiua, em São José de Ribamar, um jovem, identificado como Thiago dos Santos Corrêa, 24 anos, foi morto a tiros. – Foto: Alan Deleon

Por Imirante

Quatro pessoas foram assassinadas só nesta sexta-feira (12), na Região Metropolitana de São Luís. Todas as vítimas foram mortas a tiros.

Os homicídios

No bairro do Jota Lima, em São José de Ribamar, um jovem identificado como Jeferson Rodrigues de Almeida, 23 anos, foi morto a tiros. A vítima ainda chegou a ser levada para o Hospital de Urgência e Emergência Dr. Clementino Moura (Socorrão II), mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Informações preliminares da polícia apontam que o homicídio pode ter relação com disputa de facções.

Outro homicídio foi registrado no bairro da Cidade Olímpica, em São Luís. A vítima, identificada como Fábio Taciano de Melo, foi morta a tiros. Segundo a polícia, Fábio era usuário de entorpecentes e, provavelmente, o crime foi por causa de dívida de drogas.

E no Bairro de Fátima, um jovem identificado como Luís Diego Lima Barros, teve a casa invadida por um homem armado que o matou dentro da residência com vários tiros. O crime pode ter relação com o tráfico de drogas.

O quarto homicídio foi registrado na estrada da Vitória no Miritiua, em São José de Ribamar, na tarde desta sexta-feira (12). Segundo informações do delegado Aragão, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a vítima foi identificada como Thiago dos Santos Corrêa, 24 anos. O jovem estava trabalhando como ajudante de pedreiro na companhia do sogro e de outra pessoa, quando dois homens em uma moto o abordaram e dispararam três tiros de arma de fogo contra ele.

O delegado Aragão afirmou que ainda não há informações sobre os autores dos homicídios, e que os casos já estão sendo investigados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *