Rubens Jr: governo não tem compromisso com municípios afetados pelas enchentes

O deputado estadual Rubens Pereira Júnior (PCdoB) afirmou hoje na Assembleia Legislativa que o governo Roseana Sarney não tem compromisso com os cerca de 546 mil maranhenses que foram afetados pelas enchentes no ano passado.

Segundo o parlamentar do PCdoB, o governo estadual utilizou apenas R$ 75,5 milhões dos R$ 120 milhões assegurados pelo Ministério da Integração Nacional. Segundo Rubens Júnior, os números foram repassados a Assembleia Legislativa atendendo a um requerimento de sua autoria.

“Apresentei um requerimento à Mesa Diretora desta Casa, solicitando informações ao ex-ministro Geddel Vieira Lima, da Integração Nacional para que fosse informado o montante de recursos financeiros destinados ao Maranhão para atender a situação de emergência decorrentes das enchentes em 2009”, explicou o comunista.

O Ministério da Integração informou ao parlamento estadual por meio do Ofício Nº 659/ 2010, de que foram repassados ao Maranhão recursos na ordem de R$ 77.500.000,00, por meio dos termos de compromissos assinados pelo Governo do Estado.

“Mas, há no Ministério de Integração Nacional R$ 40.000.000,00 disponíveis para o governo do estado. Faltando a análise técnica dos processos para que o recurso seja liberado”, explicou Rubens Pereira Júnior.

Na mensagem enviada a Assembleia Legislativa no início do semestre legislativo, o vice-governador João Alberto afirmou que o Governo Federal havia disponibilizado R$ 120 milhões do Ministério da Integração, e que apenas 2/3 dos recursos havia sido liberado.

“Diferente do que afirmou o vice-governador, não ocorreu escassez de recursos e muito menos impedimentos burocráticos das transferências federais. Faltou ao governo do Maranhão compromisso com as populações afetadas pelas cheias e o planejamento necessário para receber e aplicar os recursos destinados aos municípios afetados pelas enchentes oriundos do Governo Lula”, assegurou o deputado do PCdoB.

Municípios como Imperatriz, Pedreiras e Trizidela do Vale voltaram a sofrer com as cheias dos rios Tocantins e Mearim, devido às chuvas. Já são centenas de famílias desabrigadas.

No ano passado o Maranhão viveu uma situação de calamidade, devido às fortes chuvas que atingiram dezenas de municípios maranhenses.

O quadro resultante das enchentes era assustador: 70.381 desabrigados; 41.531 desalojados; 576.740, pessoas atingidas de alguma forma pela calamidade, além de 12 vítimas fatais. Situação que trouxe o presidente Lula ao estado

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.