Rubens Jr. define como “mentiroso” discurso de Luciano Moreira em Timon

O deputado estadual Rubens Pereira Junior (PCdoB) lamentou e definiu como mentiroso um discurso do secretário de estado da Administração, Luciano Moreira durante o encontro da União dos Parlamentares e Vereadores do Estado do Maranhão (Unipav), onde o secretário afirmou ser “irregulares os convênios firmados entre a prefeitura de Matões, e o governo estadual na gestão Jackson Lago”.

Após ser questionado sobre o sequestro e o estorno dos recursos conveniados pelo Governo do Estado com as prefeituras municipais, Luciano Moreira ao fazer referência ao município de Matões disse que: “os convênios foram seqüestrados porque era irregular, a culpa era da prefeita”, afirmou durante a reunião realizada em Timon.

Segundo Rubens Junior a fala de Luciano Moreira revela qual será a tônica da campanha eleitoral de 2010. “Isso foi uma clara afronta política, por ser uma das poucas prefeitas que ainda faz oposição no estado do Maranhão. Esse será o discurso da campanha de agora. Dizer que aqueles sequestros, a culpa era dos prefeitos, que não havia projetos técnicos, o que é uma grande mentira”, afirmou o parlamentar.

O deputado do PCdoB relembrou que no município de Matões foi realizada uma audiência pública para acompanhar a destinação das verbas oriundas dos convênios.

“Quando o dinheiro dos convênios estava efetivamente na conta nós fizemos uma audiência pública com os vereadores do município, convidamos o Juiz, o Promotor e toda a população para acompanhar de perto todos aqueles convênios”, disse o comunista.

Rubens Júnior afirmou que todos no Maranhão sabem que quem recorreu a Justiça para seqüestrar e estornar os recursos dos convênios foi o deputado estadual Ricardo Murad e a direção estadual do PMDB.

“Quem é o culpado pelo sequestro dos convênios todo o Maranhão sabe. É o atual governo, que foi quem? O senhor Secretário Ricardo Murad. Quem foi quem impetrou? Foi o PMDB que foi quem impetrou. E nós não aceitaremos esse tipo de mentira nesse tipo de reunião de querer desvirtuar o problema, transmitir a culpa para outros e de que nada tiveram com isso”, criticou o deputado.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.