Rafael Leitoa reafirma luta pela criação do Comitê da Bacia do Rio Parnaíba

Na manhã desta quarta-feira (30), em seu segundo pronunciamento na Assembleia Legislativa, o deputado Rafael Leitoa (PDT) repercutiu a visita à Brasília, ocorrida na última semana, quando se reuniu com o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho (PV). A defesa da criação do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Parnaíba, trabalho executado desde 2015 pelo deputado pedetista, foi a pauta principal do encontro.

Em Brasília, segundo apresentou Rafael Leitoa, a discussão sobre a instalação do Comitê da Bacia Hidrográfica do Parnaíba foi bastante proveitosa, tendo o ministro se comprometido em ser mais uma voz em defesa da criação do Comitê.

Rafael lembrou que, no ano passado, numa parceria da Assembleia Legislativa e Secretaria Estadual de Meio Ambiente, quatro audiências públicas aconteceram em várias cidades que fazem parte da bacia do Parnaíba, abrangendo Baixo, Médio e Alto Parnaíba, respectivamente.

“O ministro Sarney Filho se comprometeu em acelerar o processo de criação, tendo em vista que é o presidente do Conselho Nacional de Recursos Hídricos, local de onde o texto para criação vai à sanção do Presidente da República. A minuta já foi enviada ao Estado do Piauí. Nós estamos aguardando para que seja enviada para o Maranhão e para o Ceará, para que as procuradorias estaduais se manifestem e, a partir daí nós possamos fazer a assinatura do pacto entre os três Estados. Inclusive estamos discutindo a localidade em que nós vamos assinar esse pacto de grande interesse para o Estado do Maranhão e para o Brasil”, comemorou o deputado.

APARTE

Em aparte, o deputado Alexandre Almeida (PSD) não conseguiu esconder o ranço que ainda traz, decorrente da derrota na última eleição para prefeito, em Timon. E, ao invés de acrescentar informações ao projeto que pretende beneficiar a Região Leste do Maranhão, com a cidade de Timon inclusa no processo, preferiu usar, novamente, de ironia.

“Deputado Alexandre, Vossa Excelência insiste em confundir política de estado com política eleitoral. Eu jamais confundiria um tema tão importante para o nosso Estado com política eleitoral. E acho que nenhum político tem o direito de fazer isso. Enquanto estamos tentando trazer soluções, aperfeiçoar o nosso sistema, Vossa Excelência traz um debate tão pequeno. É por isso que o povo reconhece nessas atitudes que está sendo passado para trás. Vossa Excelência teve uma grande oportunidade de ajudar o município, mas por questões pequenas preferiu não ajudar para não dar louros, talvez, à gestora da época em que era líder do governo Roseana Sarney”, lamentou Rafael Leitoa.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.