Preso é esquartejado e jogado na rede de esgoto de penitenciária em MT

Sindicato suspeita que houve um desentendimento por facções criminosas.
Agentes encontraram pedaços do corpo do preso na tubulação do esgoto.

Um preso foi assassinado e teve o corpo esquartejado por outros detentos na Penitenciária Major Zuzi Alves da Silva, em Água Boa, a 736 km de Cuiabá. Segundo o Sindicato dos Servidores Penitenciários de Mato Grosso (Sindspen-MT), a suspeita é de que houve um desentendimento por causa de facções criminosas. O crime ocorreu entre a noite de domingo (20) e a madrugada de segunda-feira (21). Os agentes encontraram pedaços do corpo do preso na tubulação da rede de esgoto.

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) abriu uma investigação e apura o fato. De acordo com o sindicato dos agentes, o preso fazia parte de uma facção e foi transferido recentemente para a penitenciária de Água Boa. Antes dessa transferência, o preso teria mudado de facção.

Um outro preso, que também foi transferido de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, para Água Boa, descobriu que o detento tinha mudado de facções e planejou a morte da vítima. O suspeito é integrante de uma organização criminosa rival e não aceitava a troca de facção.

Ainda conforme os agentes, o preso foi atraído para uma cela onde acabou esfaqueado. Os presos passaram a noite esquartejando o corpo da vítima e despejaram os pedaços na rede de esgoto. O crime foi descoberto no outro dia, quando os agentes perceberam que o preso havia desaparecido e encontraram partes do corpo no esgoto.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.