Prefeitura discute cumprimento da legislação na comercialização de carne em São Luís

A Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), em atendimento a uma solicitação do  Sindicato dos Talhadores de Carne Fresca (Sindicarnes), realizou uma reunião  com representantes das cadeias de abate, distribuição e comercialização do produto em São Luís, na manhã desta terça-feira (04). Durante o encontro, ficou estabelecida a exigência da  aplicação da legislação específica do setor a fim de garantir a defesa da saúde dos consumidores.

Estiveram presentes, além da Semapa e Sindicarnes, representantes dos abatedouros de bovinos, Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged) e Vigilância Sanitária Municipal. 

Além do abastecimento regular de carne bovina promovido pelos grandes frigoríficos, através dos supermercados e boutiques  de carne, a população da Grande São Luís conta com carne bovina originárias de três  abatedouros locais, autorizados pela Prefeitura, que disponibiliza  uma média de dez mil bois mensalmente.

Para encontrar soluções definitivas para o problema, a Semapa marcou uma nova rodada de negociações para a próxima terça-feira, dia 11 de agosto, às 9 horas, no auditório da instituição, com as presenças dos representantes dos marchantes, Sindicarnes, abatedouros, Vigilância Sanitária, Banco do Brasil, Ministério Público, entre outros

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.