Prefeito de Tutóia deve depor na CPI nesta quinta-feira

A Comissão Parlamentar de Inquérito de Combate à Pedofilia e Abuso Infantil deve ouvir na tarde da próxima quinta-feira (22) o prefeito da cidade de Tutóia. Raimundo Nonato Abraão Baquil é acusado de envolvimento com duas adolescentes entre 13 e 14 anos de idade em troca de presentes.

A denúncia chegou à CPI durante a audiência pública realizada em Tutóia na última sexta-feira (16), por meio da Promotoria de Justiça da cidade.

De acordo com a Promotora de Justiça, Samara Pinheiro, a denúncia contra o prefeito foi feita no fim do ano passado através do Disque 100 da Secretaria Especial de Direitos Humanos. Segundo ela, dias antes da CPI ir até o município uma nova denúncia chegou à promotoria.

“Estamos apurando esta denúncia desde o ano passado. Encaminhamos este caso para a CPI por que acreditamos que desta forma serão tomadas as devidas providências em relação às acusações, já que o prefeito tem foro privilegiado”, afirmou a promotora.

Representantes do poder público e da sociedade civil, além de autoridades do município estiveram presentes na audiência pública. Além da denúncia contra o prefeito da cidade, a CPI recebeu denúncia referente à existência de uma rede de prostituição no município.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.