Redes Sociais

PM é preso acusado de estuprar e engravidar a própria filha doente mental

O 3º  sargento  da Polícia Militar do Maranhão, de 52 anos está preso e foi indiciado  em inquérito acusado de ter estuprado e engravidado a própria filha, na cidade de Timon (MA). A vítima tem 26 anos e tem problemas mentais.  Como possível consequência dos abusos, a jovem deu à luz um menino. A delegada Ingrid Albuquerque aguarda exame de DNA para comprovar a paternidade.

“Ele foi preso temporariamente no último dia 26 para conclusão da investigação e recolhimento de provas. Fizemos o pedido somente agora, mas a investigação já vinha acontecendo em sigilo anteriormente. Com a prisão, pudemos fazer recolhimento de material genético para confirmar a paternidade”. Diz a delegada.

Segundo ela, o sargento  que e lotado  em Timon morava sozinho com a filha havia algum tempo, desde que sua outra filha voltou a morar com a mãe, da qual ele é divorciado. Ainda não se sabe há quanto tempo os abusos estariam acontecendo.

“Ela chegou a falar com algumas testemunhas, pessoas próximas e ela, do convívio dela, sobre os estupros, indicando que o pai seria o autor dos abusos, mas não à polícia. Contudo, ela prestará depoimento com total acompanhamento de psicólogos e o que mais ela precisar”. Afirma a delegada Ingrid.

O pai da vítima permanece preso e de acordo com a delegada, negou todas as acusações. A vítima voltou a morar com a mãe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *