Pavão protesta contra embargo a reforma do antigo prédio do BEM

O deputado Pavão Filho (PDT) ocupou, hoje (13), a tribuna da Assembléia para protestar contra a decisão do Instituto de Preservação do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), de embargar as obras de reforma do prédio onde funcionava o Banco do Estado do Maranhão (BEM), na Rua do Egito (Centro).

O antigo prédio do BEM está sendo reformado pela Prefeitura de São Luís desde o começo do ano. No prédio deve funcionar um centro administrativo, composto de dezenas de secretaria municipais, que agora funcionam em prédio alugados, a altos valores, em diferentes pontos da cidade.

Mas o Iphan entendeu que a Prefeitura de São Luís atropelou as normas de preservação do patrimônio Histórico de São Luís. O projeto de reforma incluiu a derrubada de paredes internas do velho prédio e demolição de azulejos coloniais raros.

Para Pavão Filho, o prédio estava caindo aos pedaços e o prefeito João Castelo (PSDB) teve a lucidez e a responsabilidade de incorporá-lo ao patrimônio do município, para revitalizá-lo e instalar no local o Centro Administrativo da Prefeitura de São Luís.

Na opinião do deputado, é preciso que haja um equilíbrio de visão com relação ao Patrimônio Público. “Temos que preservar os prédios históricos. Mas, é preciso também recuperá-los. Como é que você vai poder preservar um prédio no Centro de São Luís, se não fizer a recuperação?”, questiona.

Por outro lado, Pavão acha que o melhor caminho para resolver o problema é um entendimento entre a Prefeitura de São Luís e o Iphan. O parlamentar reconhece que o prédio é um patrimônio da nossa cidade. Mas, se não for reformado acabará caindo aos pedaços.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.