Mulheres da Paz participam de capacitação de ouvidores

A Ouvidoria da Segurança Pública do Maranhão promoveu, na manhã de sexta-feira (7), no Auditório Leofredo Ramos, localizado na Secretaria de Segurança Pública (SSP), a segunda etapa da capacitação para formação de ouvidores. O evento representa a continuação de um projeto de organização institucional que visa estreitar os laços entre a segurança pública e a sociedade em geral, iniciada no dia 19 de abril, onde foi formado multiplicadores em ouvidoria dentro do sistema de segurança.

O curso é uma parceria com o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). A capacitação é coordenada pelo Instituto de Políticas Públicas (Ibrapp) que é responsável em oferecer treinamento aos participantes.

A segunda etapa teve como objetivo atrair a sociedade civil e apresentar a Ouvidoria da Segurança Pública. Foram abordados assuntos como a função da ouvidoria, que é de acolher reclamações, sugestões, elogios e denúncias.

A palestra de abertura “Ouvidoria e os Direitos Humanos” foi ministrada pela doutora Ilma Nascimento Sousa, administradora da Universidade Estadual do Maranhão (Uema) e Ouvidora do Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (Hospital Universitário), que destacou a importância dos ouvidores terem conhecimento teórico para executar com qualidade esta função. “É necessário que todos os ouvidores possam ter conhecimento dos princípios básicos e, assim, poderem fazer com que todos os deveres possam ser cumpridos”, destacou.

Nessa etapa, estão sendo desenvolvidas palestras nas áreas Norte, Sul, Leste e Oeste, que compõem o Centro Integrado de Defesa Social (Cids). O centro é formado por um delegado, policiais civis e militares e a sociedade civil. O conteúdo programático desta etapa contará ainda com discussões sobre “Gestão de Informação em Ouvidoria”, “Segurança da Informação” e “Ética no Cotidiano Institucional”.

As palestras ocorrerão durante todo o mês de maio na capital e vão até o dia 28 deste mês. A carga horária total será de 43 horas/aulas e terá participação de 50 representantes de diversas organizações comunitárias. Estiveram presentes na abertura desta etapa José Ribamar de Araújo Silva, ouvidor geral da Secretaria de Segurança Pública, delegados, agentes da Polícia Civil e agentes do Programa Mulher da Paz.

Para o cidadão que pretende entrar em contato com a Ouvidoria, deve dirigir-se diretamente à sede da Secretária de Segurança Pública ou pelos telefones (98) 3217-4077/3217-4078(Ouvidoria) ou (98) 3223-5800(Disque-Denúncia).

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.