Mais de 90 casos de câncer de próstata são diagnosticados em Imperatriz

98 casos de câncer de próstata foram diagnosticados em 2022, segundo dados do setor oncológico do Município. Os números são referentes aos casos registrados até o mês de outubro deste ano.

Atualmente na cidade de Imperatriz, a 626 km de São Luís, 98 casos de câncer de próstata foram diagnosticados em 2022, segundo dados do setor oncológico do Município.

Os números são referentes aos casos registrados até o mês de outubro deste ano e a maioria deles são de pacientes de Imperatriz. Deste número, 12 são referentes a pacientes de outros municípios da região.

O médico urologista Ronaldo Alencar alerta que além do exame de sangue, os homens precisam ficar atentos a necessidade de fazer o de próstata, pois um exame completa o outro.

“O PSA é uma proteína que o tumor se alimenta para crescer. O PSA sobe, já chamou a atenção. Você faz o toque, tem o nódulo já chama a atenção. Os exames são complementares. Um complementa o outro. As vezes ele faz exame sem ser direto, nem passa por um médico, por urologista e acha que o exame está normal e quando o médico vai analisar percebe que tem umas particularidades que não está tão normal assim. Então é sempre importante para o urologista porque é o médico que tem experiência com a próstata”, explicou o médico urologista Ronaldo Alencar.

Para tentar diminuir os casos, uma unidade móvel foi montada na Praça Mané Garrincha, em Imperatriz, para realizar exames e consultas a cerca da doença. A ação faz parte do “Mutirão Azul”, que facilita o acesso da população masculina aos exames preventivos. Mais de 200 já foram feitos e a unidade ficará na praça até esta sexta-feira (18) com atendimento de 8h às 11h30.

Para o ceramista Thiago Pereira, que veio fazer os exames, a prevenção é o caminho que precisa ser percorrido para se distanciar de qualquer chance de ter câncer. “Eu tenho um cuidado a mais. Todo o ano no tempo da campanha eu faço o PSA. Nunca fiz do toque. O do toque é a primeira vez”.

Fonte: G1 MA

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.