Kaká, enfim, treina no gramado. Mais de dois mil torcedores ficam fora

Acabou a espera. Depois de cinco dias em tratamento de uma lesão muscular, Kaká foi a campo para treinar fisicamente com o restante dos jogadores da seleção brasileira. A principal estrela do Brasil chegou a Curitiba antes de todo mundo, na última quinta-feira. Justamente para acelerar o seu processo de recuperação.

Desde então, sob a supervisão do departamento médico, Kaká faz um tratamento intensivo para estar pronto na estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo, contra a Coreia do Norte, no estádio Ellis Park, em Joanesburgo. Ao que parece, deve estar pronto para iniciar, na África do Sul, os treinamentos táticos e técnicos.

Assim, a delegação verde e amarela viaja mais tranqüila nesta quarta-feira, com destino à África do Sul. O voo da seleção brasileira está marcado para as 12h30m, no aeroporto Afonso Pena. Haverá uma parada em Brasília, para visita ao presidente Lula, antes de embarcar para Joanesburgo, no país da Copa do Mundo.

Enquanto a seleção brasileira treinava no CT do Caju,  cerca de 2500 torcedores estiveram na porta do local pedindo para serem liberados, como aconteceu na segunda-feira à tarde e nesta manhã. Embora alguns policiais militares estivessem presentes, por falta de segurança apropriada a torcida do Brasil foi barrada desta vez. Mas sobrou para Dunga.

Irritada, a torcida voltou a gritar o nome da rival Argentina e também emendou um xingamento ao treinador: “Dunga, vá se f…, a seleção não precisa de você”. Mas os jogadores, por fim, não deixaram a torcida na mão. Após o treinamento, eles se aproximaram do portão de entrada do CT do Caju e acenaram para os fãs.

O último contato do torcedor curitibano com os jogadores da seleção brasileira será nesta quarta-feira, no aeroporto. Os jogadores, dentro de um rigoroso esquema de segurança, passará pelo saguão a caminho da sala de embarque. Tudo para sentir o calor do povo.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.