Jura Filho diz que governo Jackson Lago sucateou o GTA

O deputado Jura Filho (PMDB) afirmou nesta terça-feira (18) que, ao contrário do que declarou o líder da oposição, Edivaldo Holanda (PTC), o Grupo Tático Aéreo (GTA) foi palco de diversas irregularidades administrativas e totalmente sucateado no governo Jackson Lago (PDT). Ele lembrou que o grupamento especial da Polícia Militar foi criado no primeiro governo Roseana Sarney (PMDB), de quem recebeu todos os investimentos necessários para combater os crimes de pistolagem, assaltos a bancos e demais ações do crime organizado no Maranhão.

“Em 1996, a governadora Roseana Sarney criou o GTA, fruto de um convênio com a Polícia Federal, que oferecia a qualificação profissional. O agente federal Aluízio Mendes foi indicado para chefiar a formação desse grupamento, que se estruturou com unidades aéreas, terrestres, um carro blindado e helicópteros, que foram utilizados pela primeira vez no Norte e Nordeste, constituindo-se como centro de referência para policiamento aéreo no país”, relatou o deputado.

Jura Filho informou que quando saiu do GTA, no governo José Reinaldo, Aluízio Mendes deixou o GTA equipado com dois helicópteros esquilos de última geração, com menos de cinco anos de uso, reconhecidos como as mais eficientes aeronaves utilizadas por grupos semelhantes ao GTA. O grupamento também tinha, naquela época, uma frota de veículos operacionais novos e equipados, um hangar moderno, estruturado, com armamentos e equipamentos de última geração.

A ação do GTA, segundo Jura Filho, diminuiu a criminalidade, com a realização de operações bem-sucedidas como a que erradicou o plantio de maconha no Estado. “Agora, quando Roseana reassumiu o governo, encontrou-se o GTA em situação de descalabro e abandono. As instalações sucateadas, a frota de veículos destruídas, com apenas um carro em condições precárias de uso; aeronaves obsoletas e inadequadas; uma equipe desmotivada e desintegrada, e os dois aviões doados pelo governo federal na primeira gestão de Roseana estavam esquecidos em uma oficina, sem peças e manutenção”, retratou.

Na avaliação do deputado, o governo Jackson Lago quase destruiu um trabalho sério, eficiente e reconhecido nacionalmente, colocando pessoas despreparadas, descompromissadas e com objetivos pessoais na coordenação do GTA. Logo após tomar posse, ele mandou substituir, através de contratos emergenciais e sem licitação, aeronaves novas e eficientes por duas sucatas voadoras. Os esquilos, com menos de cinco anos, deram lugar a dois helicópteros Jet Ranger, de 1971, com quase 40 anos de uso. Tão antigas que se pousassem precisavam ficar pelo menos 20 ou 30 minutos esfriando as turbinas para fazer nova decolagem”, ressaltou ele.

Para Jura Filho, o GTA é um exemplo concreto de que o governo Jackson Lago foi um governo de atraso, inoperância e incompetência. E, segundo ele, a secretária de Segurança, Eurídice Vidigal, tinha consciência dessa situação e por medo não voava nas aeronaves do grupo, que chegaram a colocar em risco a vida do governador.

Em seu discurso, Jura Filho informou ainda, com base em documentos oficiais, que auditoria realizada já no governo Roseana identificou irregularidades no GTA. Uma delas foi um contrato superfaturado firmado com a empresa Fly One, por aeronaves velhas, firmado em fevereiro de 2007 e renovado três vezes sem licitação, além de ser aditivado em 20%. “O contrato global passou de R$ 3.300 milhões para R$ 13,795 milhões. E essa empresa foi a mesma que voou para Edson Vidigal na campanha a governador, em 2006. Talvez estejam pagando as horas de vôo que ele havia feito durante a campanha eleitoral”, denunciou.

Jura Filho acrescentou que o contrato com a Fly One foi desfeito no atual governo porque a própria empresa reconheceu que não tinha condições de oferecer aeronaves modernas para o GTA. “Ao contrário do que foi feito no governo Jackson, o processo licitatório foi deflagrado antes mesmo de se proceder o contrato emergencial das novas aeronaves. E hoje, com aeronaves modernas, , seguras, com maior capacidade de transporte e maior potência, paga-se menos do que era pago pelas sucatas voadoras, com mais de 40 anos de uso”, enfatizou.

O deputado também afirmou que os pilotos do GTA são devidamente habilitados para a função e disse que Edivaldo Holanda estava distorcendo os fatos, até por desinformação. “Nós estamos em uma outra realidade administrativa no Maranhão, que por seis anos foi governado por José Reinaldo e dois e pouco por Jackson Lago. Nesse meio tempo, o deputado Edivaldo Holanda não faz nenhuma referência às irregularidades que eu mostrei por documentos. Ele, por outro lado, fica levantando suspeição com invencionice, com acusações que não são reais”, concluiu.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.