Holanda denuncia propaganda enganosa do governo

O líder da Oposição na Assembleia, deputado Edivaldo Holanda (PTC), denunciou, na sessão desta terça-feira (23) da Casa, mais um episódio da chamada propaganda enganosa do governo Roseana Sarney (PMDB), veiculada em vários meios de comunicação.

O governo estadual divulgou release (texto jornalístico produzido pela Secretaria de Estado da Comunicação) informando sobre a visita da governadora e do secretário estadual Ricardo Murad (Saúde) a uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) no Anjo da Guarda, cujas obras ainda não foram sequer concluídas.

A construção da Unidade faz parte do programa governamental Viva Saúde, que destinou, segundo o deputado, cerca de R$ 500 milhões para investimentos no setor, dentre eles a construção de 64 hospitais de referência. “Cerca de R$ 500 milhões direcionados para a Saúde e a governadora, juntamente com o secretário Ricardo Murad, aparecem fazendo uma visita a uma obra que sequer foi concluída. Depois de um ano de governo, milhões aparecem indo pelo ralo da corrupção, da dúvida, das interrogações”, afirmou.

Citando os vários casos da Gripe A já registrados no Estado, Edivaldo Holanda também questionou o fato do governo ter repassado cerca de R$ 2 milhões para um laboratório que estaria responsável pela realização de exames para detectar a doença. “O dinheiro desapareceu e ninguém sabe onde foi parar. Enquanto isso, os maranhenses continuam a mercê desta doença”.

Baseado num discurso contundente do presidente da Casa, deputado Marcelo Tavares (PSB), que classificou de “laranja” a proposta formulada por um grupo do PT maranhense defendendo a aliança do partido com o PMDB de Roseana Sarney, Edivaldo Holanda também denunciou o loteamento (concessão de cargos com objetivos eleitoreiros) do governo visando apenas angariar apoios para a reeleição da atual governadora. “Além do loteamento, milhões estão sendo utilizados nesta barganha política. Mas infelizmente este é o nível do governo que nós estamos vivendo hoje. Nesta quarta-feira, trarei mais detalhes sobre este assunto”, finalizou Holanda.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.